CURSO DE VISUAL LAW CONTRIBUI NA SIMPLIFICAÇÃO E INOVAÇÃO NA COMUNICAÇÃO NO MERCADO JURÍDICO

O evento foi organizado pelo escritório Rocha Filho Advogados e destinado aos colaboradores e parceiros com a facilitação de Ana Paula Ulandowski Holtz.
Segunda-Feira, 05 de Agosto de 2019 - 17:20

Com a ideia de desconstruir o padrão de peças jurídicas com muito texto, na última semana, houve o curso Visual Law, em Porto Velho. O conceito inovador quer deixar o Direito de forma mais visual, leve e atraente à apresentação de uma petição aderindo a tecnologia. O evento foi organizado pelo escritório Rocha Filho Advogados e destinado aos colaboradores e parceiros com a facilitação de Ana Paula Ulandowski Holtz.

Para o head de Inovação do Rocha Filho, Lucas Domingos, o Visual Law é uma fórmula de resolução de problemas, nos mesmos moldes do Legal Design. "Com ele, será possível apresentar uma defesa, ou qualquer tipo de petição de forma mais visual, contendo imagens, vídeos, infográficos, cores, explicações didáticas, entre outros ítens para se ter um resultado diferente vistas à defesa".

Domingos destacou que, "já existe um projeto piloto (caso Recuperação de Consumo, uma demanda recorrente de um cliente) no escritório com o entendimento do conceito e a forma de aplicação, é possível implementar  nas demais peças e também distribuir aos demais temas".

A participação dos colaboradores do Rocha Filho ficou limitada a um (01) integrante de cada Núcleo para entendimento (conceito e aplicabilidade) de como se dá o projeto neste primeiro momento. A segunda parte será pautada na recuperação judicial no que se refere ao projeto piloto em andamento pensando em reformular este assunto junto ao Judiciário para obter melhores resultados.

PROPOSTA DE COMITÊ

“A nossa ideia é formar um Comitê com os integrantes que fizeram parte do projeto e, a partir disso, multiplicar o visual Law ao escritório como um todo para ter petições e defesas com meios interativos e visuais visando simplificar a usabilidade destas junto ao mercado jurídico para que dê satisfação ao fazê-lo”, conclui o head do Rocha Filho, Lucas Domingos. 

EXPERIÊNCIA

Ricardo Frazão, Advogado Júnior do Rocha Filho, participou do curso. Ele contou sua experiência anterior com a ideia e falou da necessidade de aplicar a inovação nos processos jurídicos com Inovação, que contribui também na otimização no tempo de elaboração de peças. “O curso veio com a ideia de desconstruir o entendimento que nós temos de sobre o Direito”, disse.

Atualmente, a petição acaba sendo feita por bloco com as ideias concatenadas. “Contudo, quem recebe as mensagens, muitas vezes, já está cansado daquele formato e acaba não fazendo uma boa análise. Para resolver isso, vamos fazer de uma forma mais dinâmica e um juiz vai se sentir mais atraído à leitura por ter um conteúdo de uma forma mais lúdica”, complementa o advogado. 

Fonte - Etiene Gonçalves

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.