REDUÇÃO DE RESÍDUOS HOSPITALARES NO PRONTO SOCORRO JOÃO PAULO II DEVE GERAR UMA ECONOMIA ANUAL DE CERCA DE R$ 40 MIL

A apresentação foi realizada no auditório da unidade, na última sexta-feira (2), e contou com a presença dos diretores do Pronto Socorro, profissionais de enfermagem, representantes da Sesau, Ouvidoria Geral do Estado e convidados.
Segunda-Feira, 05 de Agosto de 2019 - 16:42

Foi apresentado pela equipe das Comissões de Controle de Infecção Hospitalar – CCIH do Pronto Socorro João Paulo-II, o Programa de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde – PGRSS. A apresentação foi realizada no auditório da unidade, na última sexta-feira (2), e contou com a presença dos diretores do Pronto Socorro, profissionais de enfermagem, representantes da Sesau, Ouvidoria Geral do Estado e convidados.

De acordo com o diretor geral adjunto do JP II, Charliton José Rangel, em maio houve uma redução de quase três mil quilos resíduos hospitalares no Hospital Estadual Pronto Socorro João Paulo II, gerando uma média anual de economia de quase R$ 40 mil reais por ano.

“Essa redução é fruto de um trabalho constante de educação, tanto da equipe técnica, e direção geral, quanto da conscientização ao usuário, somando uma efetiva fiscalização. Estamos em busca de um melhoramento contínuo com eficiência e eficácia, prezando, sempre, pelos princípios norteadores da administração pública, sustentabilidade e responsabilidade social e ambiental”, ressaltou o diretor adjunto do JPII.

O objetivo da apresentação do programa foi disseminar as boas práticas dos Resíduos dos Serviços de Saúde, em cumprimentos às legislações sanitárias vigentes conforme RDC nº 222/ 2018, cujas atividades envolvam qualquer etapa de gerenciamento dos resíduos de serviços de saúde da unidade.

Fonte - 015 - Secom - Governo de Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.