JOVEM QUE MORREU TENTANDO ROUBAR CARRO DE DESEMBARGADOR FOI SOLTO PELA JUSTIÇA EM JANEIRO

Durante a ação, houve troca de tiros e Bruno acabou morto.
Terça-Feira, 30 de Julho de 2019 - 13:27

A polícia identificou o corpo do jovem morto durante a tentativa de assalto ocorrida na noite desta segunda-feira, 29, em frente ao Restaurante Jarude, localizado no bairro Aviário. Trata-se de Bruno da Cruz Silva, de 23 anos, que com mais dois comparsas que ainda não foram identificados, mas conseguiram fugir do local, tentou render os seguranças do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Francisco Djalma, com intuito de furtar a caminhonete SW4 de uso institucional do magistrado.

Durante a ação, houve troca de tiros e Bruno acabou morto. O ac24horas apurou que o meliante é morador do bairro Rosa Linda, no Segundo Distrito de Rio Branco, considerado uma das regiões dominadas pelo crime organizado. Ele faria parte da facção Criminosa Comando Vermelho.

O curioso é que Bruno já havia sido preso no início deste ano, em janeiro, no bairro Aviário, ao lado de uma mulher e de um menor de idade portando um revólver com intuito de promover assaltos. Ele foi condenado a três anos de prisão em regime aberto por não ter antecedentes criminais e ficou preso até Julho deste ano no presídio de Rio Branco quando foi solto por uma decisão da juíza Criminal da Comarca de Rio Branco, Ivete Tabalipa.

Durante a ação, o presidente do TJ e demais membros do judiciário estavam jantando no Restaurante. Logo após a troca de tiro, o restaurante teve suas atividades encerradas e área foi isolada para o trabalho da perícia da Polícia Civil.

RELEMBRE O CASO:

SEGURANÇAS DO PRESIDENTE DO TJ/AC SOFREM TENTATIVA DE ASSALTO E TROCAM TIROS COM BANDIDOS EM FRENTE AO JARUDE

 

Segundo informações preliminares, os suspeitos teriam tentado levar o carro oficial do Tribunal, um veículo de modelo SW4.

Fonte - 013 - Ac24 Horas

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.