POLÍTICA & MURUPI: 100 DIAS...

Eu ficaria satisfeito com o fim das fugas nos presídios ou se o executivo e legislativo fumassem o cachimbo da paz.
Quarta-Feira, 17 de Abril de 2019 - 18:37

“O Rio não deveria reconstruir a escultura de Noel Rosa. Ficando como está, danificada, serviria para os brasileiros se envergonharem do que são capazes de fazer contra o patrimônio público e a nossa memória.”. – Claudio Humberto - jornalista

1-100 dias...

O que faria você nos primeiros 100 dias de governo? Um hospital? Nem de campanha. Quitar toda dívida do Beron, transpor todos osservidores, ajustar as contas do Iperon, licitar a construção da ferrovia e a duplicação da BR? E a nova rodoviária.

Eu ficaria satisfeito com o fim das fugas nos presídios ou se o executivo e legislativo fumassem o cachimbo da paz. É claro que não estou 100% satisfeito com o governador Marcos Rocha ou com seu alter ego Bolsonaro, ou com o presidente da ALE Laerte Gomes e desejo que façam mais. Sei que dá para fazer mais e melhor, mas nunca em 100 dias.

2-Casa Civil (há vaga)

O governador Marcos Rocha montou seu staff privilegiando técnicos e controladores sem observar que alguns cargos são de natureza política, como a Casa Civil.e aí falta azeite nas engrenagens.

No encontro para festejar 100 dias de governo somente três deputados estaduais estavam presentes. No encontro de ontem com o ministro Moro, a bancada federal não marcou ponto. Com a saída do Pimentel da Casa Civil, abre-se a possibilidade de corrigir este ponto com ganhos fabulosos para a governabilidade.

Nunca me preocupei com a forma como são escolhidos os ministros das Altas Cortes, nem com o tempo em que atuam como juízes, mas considerando o impeachment de Dilma, a atuação de ministros em processos nos quais deveriam estar impedidos e até pela inovação do presente imbróglio em que se colocaram, acho que um ministro deve ser escolhido com base em lista saída do MPF, OAB, TJE’s, serem sabatinados pelo CNJ e exercerem o cargo por 10 anos. É tempo suficiente para deixarem saudades.

4-Não estamos sós

A sociedade de uma forma geral e a imprensa no particular repudiam a censura ao site O Antagonista e à Revista Crusoé. É brutal, ganhou o mundo e até o próprio STF.

O ministro Marco Aurélio - só ele - foi enfático: "O que começa errado tende a complicar. O que começou errado? A instauração do inquérito pelo presidente do tribunal, e logo após o outro ato, que foi a designação de um relator ao invés de fazer sorteio. E agora esse ato que não compreendi, do ministro Alexandre de implantar uma censura. O Supremo sempre esteve engajado na preservação da liberdade de informação e de expressão, aí ocorre um retrocesso desse. (...) é inconcebível". Nunca estivemos sós.

5-Vertigens

A PGR não quer o “inquérito do Toffoli: “Considerando os fundamentos constitucionais desta promoção de arquivamento, registro, como consequência, que nenhum elemento de convicção ou prova de natureza cautelar produzida será considerada pelo titular da ação penal ao formar sua opinio delicti”.

O ministro Fachin deu cinco dias ao relator Alexandre para justificar a retirada da reportagem do ar. O MPF quer identificar se houve vazamento e quem é o “vazador”. “La nave vá” e que loucura virou isso...  

leoladeia@hotmail.com

Fonte - Leo Ladeia/NewsRondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.