URGENTE: MORRE O EX-PRESIDENTE PERUANO; ELE DEU UM TIRO NA CABEÇA AO SER PRESO EM CASA

As últimas informações divulgadas pelo hospital que atendeu Garcia, davam conta que ele chegou a ter três paradas cardiorrespiratórias e o quadro estava agravando a cada minuto.
Quarta-Feira, 17 de Abril de 2019 - 13:17

Nesta quarta-feira (17), Alan Garcia, ex-presidente peruano, morreu após dar um tiro na cabeça. Ele tomou esta atitude quando viu os policiais chegando para prendê-lo. Os policiais tinham um mandado de prisão contra ele, mas o ex-presidente não aceitou ir para a prisão e tirou a própria vida.

Garcia foi levado pelos policiais até o hospital mais próximo e imediatamente foi submetido a uma cirurgia, mas depois de algumas horas veio a óbito e a informação já foi confirmada por seu advogado, Erasmo Reyna, através do Twitter.

As últimas informações divulgadas pelo hospital que atendeu Garcia, davam conta que ele chegou a ter três paradas cardiorrespiratórias e o quadro estava agravando a cada minuto.

Martín Vizcarra, que é o atual presidente do Peru, divulgou em seu perfil no Twitter uma mensagem de condolências para todos os familiares e amigos de Garcia. Os policiais foram prender o ex-presidente porque ele é acusado de estar ligado a um caso de corrupção envolvendo a Odebrecht, empreiteira brasileira. A Justiça do país vizinho determinou a prisão dele por 10 dias, já que Garcia era acusado de receber dinheiro ilegal da companhia durante sua campanha eleitoral no ano de 2006, segundo informou o jornal peruano, El Comercio.

Os policiais chegaram à casa do ex-presidente peruano por volta das 6h25 de Lima, sendo 8h25 pelo horário de Brasília e foi solicitado que ele descesse e se entregasse. Os agentes acreditam que foi nesta hora que ele entrou em contato com seu advogado e todos aguardavam que Garcia tomasse uma decisão, quando estão escutaram o disparo e quando correram para ver, ele estava ferido e então foi socorrido, mas não resistiu.

Fonte - 013 - 1News

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.