LADRÕES EM FUGA BATEM EM CARRO DE CASAL E TODOS MORREM

Tudo começou em um violento roubo a uma fazenda em que uma das vítimas chegou a ter um pedaço da orelha arrancada
Sexta-Feira, 05 de Abril de 2019 - 10:37

A noite de quinta-feira (4) foi marcada por um trágico acidente no KM.14 da Rodovia Hélder Candia (MT-010), mais conhecia como Estrada da Guia, próximo a Cuiabá. Bandidos em fuga da polícia bateram no carro de um casal e todos morreram na hora. Tudo começou com um violento roubo a uma fazenda, em que um dos bandidos chegou a arrancar um pedaço da orelha da vítima.

Conforme informações da Polícia Militar, por volta das 16 horas, a primeira vítima, de 53 anos, estava em sua propriedade, Fazenda São Bernardo, no Distrito da Guia (35 km de Cuiabá), com sua família, quando foi surpreendido por três homens armados, que anunciaram um assalto.

Todos foram rendidos, inclusive as crianças, e os criminosos passaram a agredir a vítima. Durante o tempo que estavam na fazenda, os ladrões atiravam e exigiam dinheiro, armas e diziam que iriam carregar gado, chegando inclusive a prender aproximadamente 100 animais no curral.

Já à noite, dois bandidos pegaram o veículo da vítima, um Fiat Uno de cor branca, e foram para Cuiabá, no intuito de buscar um caminhão para carregar o gado, deixando um dos comparsas, com duas armas de fogo, mantendo a família em cárcere privado.

Porém, após certo tempo, a vítima reagiu e começou uma luta com o suspeito, conseguindo desarmá-lo. O suspeito mordeu o orelha da vítima, chegando a arrancar um pedaço. A vítima, então, para se defender, pegou a arma que tinha tirado do acusado e atirou duas vezes contra ele, que fugiu correndo e se escondeu na mata.

A família ligou para polícia e uma equipe foi até o local. O suspeito que tinha ficado na fazenda, ao perceber a presença da polícia, tentou fugir, mas acabou sendo preso. Os policiais pediram reforços e equipes da Força Tática, do 10º Batalhão da PM e da Rotam foram encaminhadas para o Distrito da Guia, visto que o comparsa detido entregou que os outros dois suspeitos retornariam para buscar o gado.

As equipes ficaram aguardando a chegada dos dois, porém, na entrada da fazenda, quando perceberam a presença da polícia, eles começaram a atirar e os militares revidaram, iniciando uma intensa troca de tiros. Os suspeitos manobraram o Fiat Uno da vítima e iniciaram a tentativa de fuga pela Estrada da Guia em alta velocidade.

As equipes começaram a perseguição e deram, por várias vezes, ordem de parada, que não foram obedecidas. Até que nas proximidades no KM 14 da rodovia os bandidos perderam o controle do veículo, entraram na pista contrária e bateram de frente com um VW Gol branco, que seguia sentido Cuiabá – Distrito da Guia, onde estava um casal.

A colisão foi tão brutal que todos morreram na hora e os corpos ficaram presos às ferragens. O casal foi identificado como Valdenício Laurentino de Arruda, 30 anos, e Ester Silva Campos Monzilar, 29 anos. Já os criminosos, um pelo apelido “Baby” e o outro pelo nome João Vitor.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros foram acionados, a rodovia foi bloqueada, o local do acidente foi isolado e as equipes da Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran), do Instituto Médico Legal (IML) e da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) estiveram presentes.

Na fazenda foram apreendidos um revólver calibre 38, três cápsulas calibre 38 deflagradas, uma munição calibre 38 percutida, um revólver calibre 32 com três cápsulas calibre 32 deflagradas, uma munição calibre 32 intacta e uma munição calibre 32 percutida. As armas tinham sido retiradas do bandido pela vítima.

O bandido que havia ficado na fazenda tinha sido atingido pelos tiros que a vítima disparou contra ele e precisou ser encaminhado ao Pronto-Socorro de Cuiabá, onde foi medicado e, assim que liberado, encaminhado para a Central de Flagrantes de Cuiabá.

A vítima do roubo, de 53 anos, teve parte de sua orelha esquerda decepada e foi encaminhada à Policlínica do Verdão, onde foi medicada e liberada.

Mais tarde, o Ciosp recebeu uma denúncia anônima de que um caminhão boiadeiro e uma caminhonete Hilux estavam próximos à fazenda onde o roubo teve início dando apoio aos suspeitos, porém, os veículos não foram encontrados.

O caso foi registrado como roubo, homicídio culposo na direção de veículo, lesão corporal, resistência, cárcere privado, homicídio doloso tentado, desobediência e formação de quadrilha.

Fonte - 015 - Olivre

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.