TEM DÍVIDA COM O FIES? FIQUE ATENTO AO PRAZO PARA RENEGOCIAÇÃO COM MEC

Em medida inédita, MEC inicia renegociação, que tem valores acima de R$ 10 bilhões. Saiba quais são as condições
Quarta-Feira, 03 de Abril de 2019 - 11:55

Os estudantes que têm dívidas com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) podem renegociar os débitos entre 29 de abril a 29 de julho. O prazo foi divulgado nesta quarta-feira (3/4) pelo Ministério da Educação. Ao todo, o programa tem mais de R$ 10 bilhões em dívidas.

Esta é a primeira vez que os beneficiários do programa têm a possibilidade de negociar com o banco credor. Antes, as parcelas atrasadas deveriam ser pagas à vista. Podem repactuar dívidas estudantes que firmaram contratos de financiamentos concedidos até o segundo semestre de 2017 e que estejam inadimplentes, com atraso mínimo de três meses.

Os endividados podem pedir o reescalonamento ou novo parcelamento dos débitos. Para validar a negociação, o aluno terá de pagar uma parcela de entrada correspondente a 10% do valor total da dívida vencida ou o valor de R$ 1 mil, se a cifra devida for menor.

Segundo o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), gestor do Fies, 500 mil estudantes endividados poderão ser beneficiados com a medida.

Mais prazo para inscrições

Vai até a próxima sexta-feira (5) o prazo para os estudantes selecionados pelo Fies conseguirem concluírem as inscrições. O Ministério da Educação esticou o período após uma sequência de instabilidades do site do programa.

Entre as falhas percebidas, quando os estudantes chegavam à fase de efetivamente fechar o contrato do Fies, uma mensagem alertava que faltavam informações no cadastro para finalizar o processo. “Diante das dificuldades verificadas, o MEC esclarece que não haverá prejuízo ao estudante para a contratação do Fies”, destacou o ministério em nota.

O programa oferece 100 mil contratos de financiamento em cursos de graduação em universidades privadas e é atrativo por não terem taxa de juros, além das condições de pagamento do financiamento após a conclusão da graduação.

Fonte - 015 - Metrópoles

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.