NO DIA MUNDIAL DO AUTISMO, ACADÊMICOS DOS CURSOS DE LETRAS E PEDAGOGIA TERÃO PROGRAMAÇÃO ESPECIAL NA UNESC

Na oportunidade, haverá um bate papo com as coordenadoras da Educação Especial da Coordenadoria Estadual de Educação em Cacoal, Cássia Vargas e Lucimara Santos.
Quinta-Feira, 28 de Março de 2019 - 12:14

Os acadêmicos dos cursos de Pedagogia e Letras da Unesc, terão um momento especial no Dia Mundial do Autismo, 2 de abril, para debater sobre os desafios sociais e educacionais das pessoas com Transtorno de Espectro de Autista. Na oportunidade, haverá um bate papo com as coordenadoras da Educação Especial da Coordenadoria Estadual de Educação em Cacoal, Cássia Vargas e Lucimara Santos.

Com início às 19h, o evento é destinado aos acadêmicos e a comunidade de uma forma geral. A ideia principal é aproximar os estudantes à realidade vivenciada cotidianamente pelos pais, responsáveis e professores dos alunos que apresentam o Transtorno. “Essa aproximação permite aos acadêmicos se sentirem mais preparados e seguros para desempenharem com segurança a sua futura profissão. Queremos que os educadores formados pela Unesc atuem de forma eficiente, com responsabilidade e comprometimento junto às pessoas autistas”, destacou a professora Gislene de Fátima, uma das coordenadoras do projeto.

Para a coordenadora dos cursos de Letras e Pedagogia da Unesc, Suzi Ramires, experiências como estas enriquecem a formação acadêmica. “O objetivo é desenvolver, com os acadêmicos, discussões acerca da vida da criança, do jovem e do adulto, com TEA (Transtorno de Espectro de Autismo), quanto aos desafios sociais e educacionais. Assim como estimulá-los a conhecer e buscar alternativas que possam minimizar dificuldades no meio em que vivem”. De acordo com a coordenadora, este trabalho é direcionado principalmente aos acadêmicos da área de licenciatura, que vão atuar nas escolas, diretamente com estas pessoas.

Dia Mundial de Conscientização do Autismo

Nesta segunda-feira, O dia 2 de abril foi estabelecido como o Dia Mundial de Conscientização do Autismo em 2007 e tem como objetivo difundir informações para a população sobre o autismo, reduzindo assim a discriminação e o preconceito que cercam as pessoas afetadas por esta síndrome neuropsiquiátrica. Os transtornos do espectro autista, como o próprio nome sinaliza, englobam uma série de diferentes apresentações do quadro, como fobias, dificuldades de aprendizagem, dificuldades de relacionamento e agressividade, por exemplo. No entanto, vale ressaltar que o autismo é único para cada pessoa.

Fonte - 015 - Assessoria

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.