LENHA NA FOGUEIRA: TÁ EM JI PARANÁ? VAI LA NO AUDITÓRIO LEILA BARREIROS PRESTIGIAR ESSA FESTA DA ORQUESTRA EM AÇÃO

A diretoria da Associação Amigos da Orquestra – AAO convida Vossa Senhoria e família para a cerimônia de entrega do Piano de Cauda.
Quinta-Feira, 28 de Março de 2019 - 10:59

A diretoria da Associação Amigos da Orquestra – AAO convida Vossa Senhoria e família para a cerimônia de entrega do Piano de Cauda, adquirido com recursos da Emendar Parlamentar Individual, por meio da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social – SEAS através da celebração do Termo de Fomento 232/PGE/2018.

O evento será abrilhantado com o Recital de Piano com alunos do Projeto Social Orquestra em Ação no dia 28 de março de 2019 as 19h30 no auditório Leila Barreiros à rua Primeiro de Maio Bairro Dom Bosco em Ji Paraná-RO

Ta em Ji Paraná? Vai la no Auditório Leila Barreiros prestigiar essa festa da Orquestra em Ação.

Por falar em espetáculo, ontem foi o dia do Teatro e em Porto Velho nenhum grupo, daqueles que ficam cobrando mais respeito da Funcultural, se manifestou a respeito da data. Aliás, o único grupo que postou felicitações foi o Grupo Raízes do Porto via Giovane Berno o eterno Espermatozoide Careca. Acompanhando a nota do Raízes do Porto desejamos MERDA a todos que trabalham com teatro em Rondônia!

Terça feira marcamos presença num evento pra lá de bacana. Foi a confraternização das famílias de Barbadianos que residem em Porto Velho. O evento aconteceu no Clube dos Peritos e contou com a presença da Embaixadora de Barbados Exma Sra. Tonika Sealy Thompson.

A visita da embaixadora foi articulada pela doutouranda Cleide Blackman. A jovem que está revolucionando a história da comunidade barbadiana em Porto Velho. Aliás quebrando paradigmas o que quer dizer, contando a verdadeira história do povo que ajudou a construir Porto Velho.

Ernesto Melo o Poeta da Cidade foi convidado para contar através de suas canções, parte da história de Porto Velho e me convidou para acompanhá-lo na percussão da sua apresentação, juntamente como seu irmão Énio Melo ao violão. Foi uma verdadeira aula de história.

Todas as famílias de afro-antilhanos que conhecemos como Barbadianos, marcaram presença e cada uma contou parte da sua história. Cleidinha é historiadora, pesquisadora sobre o processo migratório do seu povo para o Brasil e em especial para a construção da Estrada de Ferro Madeira Mamoré.

Marcamos entrevista com a doutora Cleide que provavelmente será publicada na edição de domingo. Com certeza, muitos ficarão boquiabertos com os relatos da Cleide. Muita coisa que a gente até então, acompanhou através de livros publicados por alguns dos nossos historiadores, estão sendo corrigidas pela pesquisa da Cleide Blackman.

A simpatia da embaixadora de Barbados Tonika Sealy Thompson, conquistou todo mundo, não só da comunidade barbadiana. O pessoal do Memorial Rondon ficou encantado com a visita da embaixadora ao Memorial na tarde da última terça feira.

Aliás, o Memorial Rondon atualmente é o maior ponto turístico de Porto Velho, todos os dias o Sargento Antero (responsável pelo Memorial) recebe dezenas de visitantes. Vem gente de tudo quanto é canto do estado de Rondônia e até de outros estados brasileiros.

E agora é que as visitas vão aumentar mesmo, pois em breve a Litorina estará fazendo a viagem pelo percurso Vila da Candelária até o Casarão dos Ingleses. Meu amigo Moisés está com o sorriso da largura do rosto pela revitalização de parte da ferrovia Madeira Mamoré, não só ele, seu Bispo também não se contem de alegria!

A parceria é do estado via Setur e prefeitura via Funcultural. Com a chegada do período de estiagem os trabalhos de enroscamento das barrancas do Madeira em frente ao complexo da Madeira Mamoré vão voltar a acontecer e muito em breve vamos voltar a apreciar o Por do Sol diretamente do píer em frente ao Plano Inclinado.

Fonte - 015 - Silvio Santos / NewsRondonia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.