DR NEIDSON LAMENTA INCIDENTE COM MICRO-ÔNIBUS DA ASSOCIAÇÃO PESTALOZZI DE GUAJARÁ-MIRIM

Veículo pegou fogo sem qualquer razão aparente, causas já estão analisadas por perícia
Quarta-Feira, 27 de Março de 2019 - 15:22

Durante a sessão ordinária desta terça-feira (26), o deputado Dr. Neidson (PMN) lamentou a notícia que recebeu, pouco depois do começo da sessão, a respeito do acidente com o micro-ônibus adaptado entregue por ele na última sexta-feira (22) para a Associação Pestalozzi de Guajará-Mirim. De acordo com informações recebidas pelo parlamentar, o ônibus pegou fogo sem qualquer razão aparente.

“Esse ônibus rodou da cidade de Cascavel até Guajará-Mirim sem apresentar qualquer problema e menos de uma semana após entregarmos ele para quem tanto estava precisando, acontece uma fatalidade dessas. Eu não quero acreditar que tenha sido uma sabotagem, pois alguém teve a coragem de prejudicar várias crianças dessa forma, essa pessoa não deve bater bem da cabeça. Já acionamos a polícia e agora vamos aguarda a resposta da perícia”, diz.

O deputado explicou que o veículo possui seguro, contudo, a empresa terá que aguardar o resultado da perícia para tomar as medidas cabíveis. “Se for detectada uma sabotagem, trabalharemos incansavelmente para que os culpados sejam punidos”, garantiu Dr. Neidson.

Falta de atendimento

O parlamentar falou também a respeito da sua preocupação com a falta de atendimento infantil nas unidades básicas de saúde de Porto Velho. “Semana passada acompanhei a vereadora Ada Dantas em uma visita no Cosme Damião e quando chegamos lá muitos pais estavam reclamando, que vão até os postos de saúde e não recebem atendimento para seus filhos, pois só funcionam até as 19 horas”, diz.

De acordo com o deputado, esses pacientes que poderiam ser atendidos no posto de saúde, estão sendo encaminhados para o Cosme Damião, provocando assim, uma superlotação. “Na Comissão de Saúde de hoje, requeremos a realização de uma Audiência Pública para cobrar as responsabilidades do Estado e do Município, pois a população está sofrendo muito com a ineficiência de alguns gestores”, aponta.

Em aparte, o deputado Adelino Follador (DEM) salientou que os prefeitos dos municípios de Rondônia, reclamam que o Município não cumpre seu papel no atendimento de média e baixa complexidade.

O deputado Chiquinho da Emater (PSB) ressaltou que concorda com os posicionamentos dos deputados Dr. Neidson e Adelino e apontou que Governo não está mais aguentando essa situação.

Saúde indígena

Dr. Neidson falou também da sua preocupação com a municipalização da saúde indígena. “Os municípios não estão tendo condições de manter a saúde dos próprios municípios, quem dirá imagina atender a saúde dos indígenas. Eu proponho solicitarmos apoio da Banca Federal para que essa municipalização não aconteça ”, indaga.  

Natural de Guajará-Mirim, o deputado destacou que o município abriga 50% da população indígena do Estado. “Guajará tem um hospital de fronteira que é regional, mas praticamente todo atendimento é feito pelo município, sem qualquer aporte financeiro do Governo Federal e eles já não estão dando conta de atender as demandas. Precisamos pedir apoio e intervir contra essa ideia, pois os danos serão incalculáveis”, finaliza.

Fonte - 015 - ALE/RO - DECOM

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.