POLÍTICA & MURUPI: FORÇA NACIONAL

A Força Nacional permanente, com contingente próprio que dispense convocações periódicas de militares, civis, agentes penitenciários e peritos para ações nos Estados.
Segunda-Feira, 25 de Fevereiro de 2019 - 15:12

FRASE DO DIA:

“É a vitória. Nem um único caminhãozinho de ajuda humanitária passou” – Diosdado Cabello. Um venezuelano apoiador do Nicolás Maduro

Se a estupidez da paixão é a base para o debate, a irracionalidade por conseqüência se faz verdade absoluta. A visão de homens pequenos transformou um país rico, num desastre político e econômico, patrocinado pelo medo, o filhote bastardo da ditadura. Queimar alimentos aos olhos de quem passa fome e implora por comida é inominável.   

O inimigo de meu inimigo é meu amigo. Constrangimentos a que foram submetidos, as reclamações que saíram semana passada na imprensa e uma rejeição pública estão unindo o STF contra o inimigo comum MPF, diz o bem informado Carlos Humberto e o a idéia é negar pedidos abusivos e exigir mais quanto a buscas e prisões. A Lava Jato entra nessa como Pilatos no Credo e quer saber, “quem pode mais chora menos”.

3-Manda quem pode e obedece quem tem juízo

O Grupo de Lima, 14 países latino americanos contrários a Maduro, se reúne hoje em para discutir a crise venezuelana. Sejamos claros: os 14 esperam que os EUA digam o que fazer e os 14 buscam apoio internacional às medidas diplomáticas e econômicas do Trump contra Maduro, que jacta-se de “ter abertas todas as opções para conseguir a libertação desta pátria que luta e seguirá lutando”.

Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia em comunicado reconhecem Guaidó como “presidente encarregado” no “regime ditatorial” de Maduro que dança a salsa enquanto a batata assa...

4-Força Nacional

Vem aí uma novidade do ministro Moro para a repressão a crimes no Brasil. A Força Nacional permanente, com contingente próprio que dispense convocações periódicas de militares, civis, agentes penitenciários e peritos para ações nos Estados.

É a polícia ostensiva subordinada ao Ministério da Justiça e Segurança para preencher um vácuo na segurança pública brasileira que poderá atuar nos estados como força federal sem a necessidade de pedido ou aprovação política de governadores. Eu gostei da idéia.

5-Meia volta... volver

DEU RUIM!

“Alegria de pobre nem se vê. Já dinheiro pouco é de monte”, diz Zé de Nana. Por algo no meu planejamento que mais lembra um plano infalível do Cebolinha para ferrar a Mônica, adiei viagem, passeio e areia de praia.

Estou no ponto onde estava semana passada: fazendo coluna, fazendo TV, fazendo dieta e fazendo plano para não fazer nada. Na linha do Zagalo, engolindo e tentando dividir a gororoba: ajudaê gente.

leoladeia@hotmail.com

 

Fonte - Leo Ladeia/NewsRondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.