News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Segunda-Feira, 14 de Junho de 2021

Livre

POLÍTICA & MURUPI: GENTE QUE CHEGA, GENTE QUE SAI

Sai Jean Willys para local incerto e não sabido.
Sexta-Feira, 25 de Janeiro de 2019 - 16:58

FRASE DO DIA:

“Não estou na chuteira do Jean Wyllys. Ele que sabe qual é o grau de confusão que ele está metido”. – Vice presidente Hamilton Mourão.

O governador Marcos Rocha empinou a carroça e derramou água sobre a “greve dois pontos”. Por dois meses os agentes penitenciários estarão sob o comando da Polícia Militar. Foi assim no início, mudou, perdeu a dureza da hierarquia militar, democratizou o comando, surgiu o sindicato e as impensáveis greves. Presídios têm relação original com a hierarquia e às vezes é preciso dar meia volta. Rocha trucou na hora certa.

2-Guerra do busão

Fim de greve, de contrato, de dinheiro, de combustível, de papo, de paciência e fim do monopólio que se dizia haver no sistema de transporte de ônibus da capital. Ontem foi mai um dia de acinte: a empresa quer mais dindin para prestar o serviço, o prefeito diz que não vai dar.

Estudante que tinha busão de graça, vai pagar meia e o calor infernal nas caixas de metal sem ar condicionado é o que sobra para a população e quando tem óleo diesel. Danou-se. Nessa briga do rio com o barranco o povo virou mandi.   

3-Mariana a tragédia se repete

O que é bom dá duas vezes diz a máxima do jogo de bicho. E o que é ruim em Minas também. Ainda se contabilizam os prejuízos causados em Mariana com o rompimento de uma barragem e outra barragem se rompeu em Brumadinho, também Minas.

Notas começaram a sair para explicar o inexplicável e as investigações irão provar que nada é parecido com algo que se viu, quando o tema é crime ambiental. “Os culpados serão punidos após ouvidos e respeitado o direito ao devido processo legal”, bla, blá, blá.  

4-Top Secret

Ddecreto assinado pelo presidente em exercício Hamilton Mourão estendeu o poder para decretar sigilo de documentos do governo ao segundo escalão. De cara o que muda é que mais de 200 ilustres desconhecidos poderão tascar um carimbão difícil de apagar.

E por acaso quem são os ilustres super-mega-carimbadores legalizados pelo decreto? Comissionados e dirigentes de fundações, autarquias e empresas públicas e pode esperar que no pais das isonoomias vão pintar os semelhantes e subsidiários. Pelo que sei o ministro Moro não foi ouvido. Vixi...

Plagiando Zé Carlos “Banzeiros” Sá mais por saudade que por outro motivo sigo a sua linha: a PM ao Urso, Juan Guaicó à presidência da Venezuela, Bolsonaro a Brasilia, o governador Beto Richa à prisão, deputados estaduais ao prédio novo da ALE, Flavio Bolsonaro ao Alvorada para ver o pai. Sai Jean Willys para local incerto e não sabido.

leoladeia@hotmail.com

Fonte - Leo Ladeia/NewsRondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.