News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Segunda-Feira, 21 de Junho de 2021

Livre

FAMÍLIA SUSPENDE VELÓRIO ACREDITANDO QUE MORTA ESTAVA VIVA

Fato ocorreu em Delmiro Gouveia e Jéssica Lima, que tinha 23 anos, só foi sepultada dois dias depois após a constatação do óbito por dois médicos diferentes
Segunda-Feira, 07 de Janeiro de 2019 - 16:31

Jéssica Lima, de 23 anos, foi sepultada dois dias depois de sua morte, em Delmiro Gouveia, no alto Sertão de Alagoas. A demora ocorreu porque a família não queria enterrar o corpo da mulher, porque ele não apresentava, segundo os parentes, as características de um cadáver, como a frieza da pele e a rigidez cadavérica. Somente após a presença da polícia e a constatação de óbito por dois médicos foi que a família aceitou realizar o enterro.

Ela morreu na madrugada de quinta-feira (3), após passar 11 dias internada no hospital de Palmeiras dos Índios. Seu corpo começou a ser velado na sexta-feira (4) na sala da residência onde ela morava, mas o velório foi suspenso pela família no sábado (5) pela manhã. Segundo os médicos da unidade, enquanto esteve internada, Jéssica sofreu várias paradas cardíacas. Mas sua morte foi causada por uma infecção que se generalizou.

O que os amigos e conhecidos da cidade não esperavam é o que a família faria durante o velório. Após perceberem que o corpo de Jessica permanecia quente e outros familiares afirmarem ter visto o corpo dela se mover, Jéssica foi retirada do caixão e colocada sobre uma cama, localizada em um quarto que somente a família teve acesso. O que os parentes esperavam mesmo era que a jovem ainda estivesse viva.

Apesar de um médico já ter atestado o óbito enquanto o corpo ainda estava no hospital, outro médico precisou ir até a residência onde o velório ocorria acompanhado da polícia para convencer a família de que a menina tinha mesmo falecido. Foram examinadas dilatação de pupilas, temperatura do corpo, articulações e movimentos da caixa torácica. O resultado não foi outro: Jéssica Lima tinha realmente entrado em óbito. A família foi convencida a realizar o sepultamento que ocorreu somente na noite de sábado, no cemitério municipal, sob forte comoção na cidade.

Fonte - 015 - Op9

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.