News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sabado, 08 de Maio de 2021

Livre

MESMO COM VENEZUELANOS, BRASIL MAIS ENVIA DO QUE RECEBE IMIGRANTES

De acordo com dados da PF, 252 mil brasileiros saíram do país em 2018 enquanto outras 94 mil pessoas escolheram o país para morar
Segunda-Feira, 17 de Dezembro de 2018 - 17:42

São Paulo – Apesar do Brasil estar na rota dos refugiados venezuelanos, ele ainda é de forma geral pouco procurado por estrangeiros.

De acordo com dados da Polícia Federal, 252 mil brasileiros saíram do país em 2018 enquanto outras 94 mil pessoas escolheram o país para morar. O saldo negativo, desse modo, ficou em 157 mil pessoas.

Segundo o Instituto Adus, organização que reintegra refugiados no Brasil, o Brasil tem cerca de três milhões de pessoas vivendo em outras nações, enquanto aqui há apenas 1 milhão de emigrantes.

Uma pesquisa do Instituto Ipsos aponta que o brasileiro acha, em média, que 30% da nossa população é de estrangeiros, mas o número real não chega a 1%. É uma das maiores distorções entre todos os países pesquisados.

Para o Padre Paolo Parise, um dos coordenadores da Missão Paz, uma organização que acolhe imigrantes desde da década de 1930, há uma onda de desinformação no país quando o assunto é imigração, principalmente depois da situação dos venezuelanos.

Segundo ele, os dados da PF confirmam que o Brasil não é um país acolhedor como boa parte dos brasileiros acreditam.

“A ideia de um Brasil que está sendo invadido por imigrantes é um discurso populista que interessa somente a alguns. Até os países vizinhos acolhem mais. Colômbia, por exemplo, recebeu mais de 1 milhão de venezuelanos nessa crise e por aqui chegaram apenas 75 mil venezuelanos”, diz Padre Parise.

A Missão Paz, que tem a Casa do Imigrante desde 1978, tem acomodações para 110 pessoas e oferece cursos de português para a pessoa recém-chegada ao país, além de suporte médico, jurídico e serviços de documentação.

Fonte - 010 - exame.abril

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.