News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Segunda-Feira, 17 de Maio de 2021

10 anos

QUADRILHA ENGESSAVA BRAÇOS E FORNECIA TIPOIAS PARA APLICAR GOLPES NO INSS

Eles foram descobertos depois que o primeiro suspeito foi preso e entregou os comparsas.
Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2018 - 15:20

Três homens foram presos na noite dessa segunda-feira (10), acusados de participar de uma quadrilha que aplicava golpes no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) em Mato Grosso. Eles utilizavam tipoias falsas para não precisar assinar documentos durante a prática do golpe e chegavam a engessar membros que não estavam quebrados.

Conforme o boletim de ocorrência do primeiro caso, por volta das 20h30 dessa segunda-feira (10) um ônibus de viagem intermunicipal, que fazia a linha Jaurú/Cuiabá, foi parado e fiscalizado.

Durante a vistoria dos documentos dos passageiros, um entregou uma CNH que, quando consultada, a foto do documento não coincidia com a pessoa que o portava.

O passageiro foi detido imediatamente, a princípio acusado de apresentar documento falso. Ao revistá-lo, os policiais encontraram outro documento com seu verdadeiro nome.

Questionado, o jovem de 27 anos, morador de Várzea Grande, disse que estava vindo de Mirassol d’Oeste (295 km de Cuiabá) e que utilizava documentos falsos para receber o benefício do INSS em nome de outras pessoas.

Com ele também foi apreendida uma tipoia, que ele afirmou utilizar para simular uma fratura no braço no momento em que ia retirar o benefício, “pois assim não precisaria assinar nenhum documento”, consta no boletim de ocorrência.

Ainda em conversa com os policiais, ele entregou seus comparsas, dizendo que seria recebido por eles na rodoviária de Várzea Grande e que um deles estava em um veículo Corolla preto, informação que os policiais rodoviários federais repassaram aos militares de Várzea Grande.

O suspeito foi encaminhado para a Polícia Federal.

Depois que avisados pela Polícia Rodoviária Federal, policiais militares iniciaram buscas aos suspeitos que estavam no Corolla preto. Eles tiveram acesso, também, a uma foto de um dos comparsas.

Assim que encontraram o Corolla indicado pelo suspeito já preso, os policiais se aproximaram. Um homem de 29 anos estava no banco do passageiro e não teve nenhuma reação. Já o outro, de 31 anos, saiu correndo e tentou pegar um moto-táxi, mas não conseguiu e acabou detido.

Com o suspeito que estava no carro foram encontradas várias pastas com documentos que seriam utilizados para aplicar golpes de estelionato no INSS, como documentos pessoais, atestados médicos, passagens de ônibus e até instruções sobre como agir em cada cidade.

Ele afirmou que tinha sido procurado pelo suspeito que tentou fugir, que o convidou para participar dos golpes. Conforme o boletim de ocorrência, o braço do homem de 29 anos foi engessado e ele recebeu todas as instruções e documentações falsas para que o crime fosse cometido.

Ele receberia 10% do total arrecadado com o golpe e afirmou ter conversas em seu celular que comprovam sua versão dos fatos.

Os dois foram detidos e, assim como o primeiro membro da quadrilha, foram entregues à Polícia Federal, assim como todos os documentos apreendidos.

Fonte - 030 - O livre

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.