News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 11 de Maio de 2021

Livre

PROGRAMA DE INCENTIVO À LEITURA E ELABORAÇÃO DE TEXTO PREMIA ALUNOS DA REDE ESTADUAL EM PORTO VELHO

O programa de incentivo à leitura e produção de texto Livro-Carta-Mural encerrou suas atividades nesta terça-feira (4) em Porto Velho com a entrega de prêmios a oitos alunos de escolas da rede estadual
Quarta-Feira, 05 de Dezembro de 2018 - 14:05

O programa de incentivo à leitura e produção de texto Livro-Carta-Mural encerrou suas atividades nesta terça-feira (4) em Porto Velho com a entrega de prêmios a oitos alunos de escolas da rede estadual, em solenidade no auditório da Escola Estadual Major Guapindaia, com a presença do governador Daniel Pereira. Desenvolvido pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RO) em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), o programa contempla escolas de ensino fundamental, com foco nos alunos do 6º ao 9º ano, com um trabalho que apresenta como abordagem o tema trânsito de maneira transversal aos conteúdos curriculares.

O coordenador Abel Sidney explicou o programa é desenvolvido há cinco anos, e só neste atingiu 25 mil alunos de 55 escolas de Porto Velho, Ariquemes, Jaru e Cacoal. Só na capital, onde a incidência de acidentes é maior, foram 15 mil alunos de 27 instituições de ensino. “Trata-se do maior programa de incentivo à leitura do País, com foco na prevenção a acidentes de trânsito”, disse, completando que o material distribuído às escolas é produzido de forma personalizada, com o nome de cada aluno, que ao final poderá levar para suas casas.

“O ponto culminante é a entrega do prêmio aos alunos do 6º e 7º anos que elaborarem o melhor cartaz; e aos do 8º e 9º anos que têm como missão completar uma história inacabada”, afirmou explicando que os quatro primeiros receberam um smartphone e os quatro que ficaram em segundo lugar, uma bicicleta. Por iniciativa do governador Daniel Pereira, os oito também serão levados com respectivos acompanhantes ao camarim do cantor Daniel, que aconteceu nesta terça-feira no Parque dos Tanques, na capital.

Citando o exemplo da França que em 10 anos, mesmo com mais veículos conseguiu diminuir o número de acidentes com a redução do limite de velocidade, o governador destacou a necessidade de maior conscientização da população sobre os cuidados que se deve ter no trânsito, tanto o pedestre quanto os motoristas e motociclistas. Daniel aproveitou a plateia formada em sua maioria por jovens para apresentar noções de empreendedorismo relatando casos de empresas de destaque instaladas em Rondônia por empresários com senso aguçado de curiosidade, sem muitos recursos financeiros. Um dos exemplos é a fábrica de bicicletas Cairus, instalada em Pimenta Bueno pelos irmãos paranaenses Eugênio e Euflávio. “Eles vieram para Rondônia pobres e hoje são donos da maior fábrica de bicicletas do Brasil. Para iniciar o negócio, Eugênio começou a trabalhar em uma oficina de bicicleta, onde aprendeu a montar as peças”, contou.

O outro caso de sucesso é o do Mário Gazin, dono da rede de lojas de móveis e eletrodomésticos Gazin, que trabalhava em uma loja no Paraná e com a venda de um jipe abriu a empresa que hoje soma 53 lojas só em Rondônia, uma delas inaugurada nesta terça-feira. “Mostro estes exemplos para que vocês com inovação façam o mundo melhor. Se tivermos força de vontade e iniciativas adequadas não temos para o que queremos fazer”, argumentou.

Para o diretor técnico de educação no trânsito do Detran-RO, Solano Ferreira, o programa que incentiva a leitura e produção de texto é importante porque transforma o aluno em multiplicador das ações de prevenção aos acidentes de trânsito que atualmente matam mais que uma guerra e por isso são considerados pela Organização das Nações Unidas (ONU) como um comportamento social de risco e não mais um problema de segurança.

Dados oficiais estimam que no Brasil neste ano devem ocorrer pelo menos 40 mil mortes, 400 delas em Rondônia, onde em 2017 foram 437 e 12 mil pessoas com sequelas, que se tornaram inúteis em termos de produção, conforme observou Ferreira. “Isto representa perda de vidas e um alto custo para as unidades de saúde pública”, disse, ressaltando ser necessário haver mudança de consciência e despertar a preocupação pela vida.

Afirmando que o curso do tratamento com um acidentado custa mais que o que se gasta com o programa de conscientização, o diretor-geral do Detran-RO, Paulo Mota, afirmou que se deve priorizar a base, ou seja, as crianças, para que no futuro o trânsito seja melhor.

PREMIADOS

Os alunos contemplados com um celular foram Gabriele Costa, da Escoa Bela Vista; Raque Silva, Escola Daniel Neri; Ana Alice Alves, Escola Mariana; e Fabiane Ferreira, Escola Dom Pedro.

Ganharam bicicleta, Gabriel Pantoja, Escola Ulisses; Robert Vieira, Escola JK; Diogo Carvalho, Escola 21 de Abril; e João Vitor Medeiros, Escola José Otino de Freitas.

ANJOS NO ASFALTO

Ainda no evento, foi realizado sorteio de tablet entre os 220 participantes do projeto Anjos no Asfalto, realizado em Porto Velho e Candeias do Jamari. O projeto contempla jovens de 16 a 18 anos de idade com noções de trânsito que dispensam a parte teórica quando foram adquirir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A ganhadora foi Taiane Silva, da Escola Major Guapindaia. Já a professora Andreia, da Escola Dom Pedro, foi sorteada com um notebook. Vales culturas e outros brindes também foram sorteados entre os alunos.

Fonte - 015 - Secom - Governo de Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.