News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 18 de Maio de 2021

Livre

ESTADO EM CRISE - POR CARLOS SPERANÇA

O próximo governador terá graves problemas para solucionar, mas o legado não é tão feio como é pintado pelos adversários governistas.
Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018 - 09:23

Amazônia tem palavra

Navegando 1.300km pelos rios Negro, Amazonas e Madeira, a expedição literária Amazônia das Palavras destaca a importância da leitura para os povos que pretendem de fato superar o subdesenvolvimento. Deveria ser recebida com banda de música por onde passa.

No mundo polarizado, evocando a distopia literária “1984”, de George Orwell, as palavras precisam ser reaprendidas. O Grande Irmão embutia dois conceitos opostos na mesma palavra: duplipensar, por exemplo, seria ter consciência de que algo está errado, mas se convencer de que está certo. Foi assim que a corrupção avançou sobre o lulismo, antes tão ético.

A expressão “aquecimento global”, nesse sentido, é considerada por um polo como desastre climático e por outro, que acredita na irrelevância da ação humana sobre a natureza, como “frescura”. As chamas que consumiram a Califórnia foram didáticas: maior temperatura, maior risco.

Só a leitura, sistemática e contínua, pode fornecer a percepção real do que as palavras realmente significam. Daí a extrema importância de divulgar os benefícios da leitura para vencer a ignorância e seu mais enganoso aliado: o analfabetismo funcional.


Estados em crise

O Estado de Rondônia fecha a administração Confúcio/Daniel Pereira com a segunda melhor gestão fiscal do Brasil, só atrás do Espírito Santo e mesmo assim sofre chuvarada de criticas oposicionistas com muito proselitismo sobre as projeções da situação futura.

O próximo governador terá graves problemas para solucionar, mas o legado não é tão feio como é pintado pelos adversários governistas.

Oásis rondoniense

Pelo menos governadores de nove estados não sabem nem sequer se conseguirão quitar o 13º salário dos seus servidores neste final do ano. Pelo menos seis estão enviando mensagens aos legislativos estaduais para parcelar em 12 vezes, sendo que nem concluíram o pagamento do décimo terceiro do ano passado. Rondônia, na verdade, é um oásis neste deserto de desgraceiras.

Correção de rumos

A Federação Nacional dos Agentes federais de Execução Penal esta querendo corrigir uma situação que perdura há mais de 50 anos. A entidade enviou reivindicação ao futuro ministro da Justiça Sérgio Moro para que sejam abolidas as indicações políticas para os presídios. É uma importante correção de rumos que o governo Bolsonaro poderá implementar.

Abusos frequentes

Como se sabe, os políticos têm relações promiscuas com o crime organizado. De vereadores a governadores, até de presidentes têm sido constatado isto. São abusos frequentes dos políticos nos presídios, a começar pela soltura de presos para surrar adversários considerados inconvenientes. Nada mais justo que despolitizar as indicações. Trata-se de moralizar o sistema.

Zona Leste

Chama atenção à prosperidade da Zona Leste, a mais populosa da capital, que esta ganhando um shopping, mais uma mega loja da Gazin, além de novos conjuntos habitacionais. Enquanto aquela região cresce, a região histórica de Porto Velho definha, aliás, esta com as asas quebradas desde a enchente de 2014. É uma situação lamentável com as cracolândias só aumentando.

Via Direta

*** Presidiários, mesmo com tornozeleiras tem atormentado a população de Porto Velho *** É uma situação fora de controle na central do monitoramento que precisa ser investigada *** Final de Ano e Ji-Paraná já montou o maior Papai Noel de Rondônia, Ariquemes a árvore de Natal mais alta da Amazônia *** Vamos ver como será a ornamentação na capital que esta começando *** Aumentou o numero de doidos esfaqueando em Porto Velho. É realmente coisa de louco!   

Fonte - Carlos Sperança - News Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.