News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 22 de Abril de 2021

Livre

RONDÔNIA ADERE AO SISTEMA NACIONAL DA IGUALDADE RACIAL

O ato contou com a presença de representantes de várias famílias, cujos ancestrais, contribuíram com a construção da Estrada de Ferro Madeira Mamoré
Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018 - 09:45

Em solenidade que contou com a presença do governador do estado de Rondônia Daniel Pereira e do Secretário Especial de Promoção da Igualdade Racial do Ministério dos Direitos Humanos Juvenal Araújo Júnior além da secretaria ajunta da Seas Rose Sena; Antônio Neto vice-presidente do Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Cepir); da vereadora Joelna Holder; e da representante da gestora de Políticas Públicas da Igualdade Racial da Secretaria de Assistência Social Elsie Shoknes; que aconteceu na manhã de ontem (12), no auditório Rosilda Shockness, no Palácio Rio Madeira, quando o governo de Rondônia assinou o Termo de Adesão ao Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial – Senapir.

Segundo o vice-presidente do Cepir Antônio Neto, a partir da adesão ao Sistema, o estado de Rondônia passa a contar com recursos federais, para promover politicas públicas, através de editais e chamamento público, para atender entidades que trabalhem com projetos, voltados para a implementação da igualdade racial.

O ato contou com a presença de representantes de várias famílias, cujos ancestrais, contribuíram com a construção da Estrada de Ferro Madeira Mamoré além de representantes de religiões afro-brasileiras e de autoridades como o superintendente da Sejucel Rodnei Paes, presidente da Funcer Fabiano Barros e do deputado federal eleito, Coronel Chrisóstomo que pediu licença para quebrar o protocolo e discursou como filho de Forte Príncipe da Beira: “Só não digo que sou negro, para não chatear minha mãezinha que é indígena. Me coloco a disposição dos senhores e senhoras, para defender a causa, quando assumir meu mandato de deputado federal”.

O secretário da Igualdade Racial Juvenal Araújo, após fazer um relato da luta que foi conseguir convencer o exército da necessidade de se promover e reconhecer a legalização das terras dos quilombolas do Vale do Guaporé, cujo trabalho está sendo desenvolvido pelo INCRA, finalizou seu discurso lembrando: “Apesar de sermos 54% da população brasileira, ainda assim, somos invisíveis e essa invisibilidade governador, está nos três poderes do Brasil. No legislativo temos poucos vereadores, poucos deputados e poucos senadores negros e negras. No Judiciário, tivemos uma única época áurea que foi Joaquim Barbosa presidente do STF. No executivo pergunto: por que não termos ministros no Governo Federal negros, por que não termos negras e negros como secretários de estado, seja na educação, na saúde, agricultura etc?”. E finalizou lembrando: “Sinapir é disponibilizar ao estado, recursos federais para trabalhar políticas de igualdade racial. A luta não é só do negro, é de todos nós”.

Em seu discurso o governador Daniel Pereira disse: “Pra mim a melhor ferramenta de integração, é a educação. Este ano, estamos formando mais de 500 jovens indígenas de diversas tribos, que jamais teriam oportunidade de ter acesso ao ensino médio. Eles vão receber no final do ano, Certificado de Ensino Médio da SEDUC e o Certificado de Técnico em Cooperativismo pelo IFRO. Estamos no processo de integração la na escola Abaitara, de 60 indígenas que estão sendo preparados para ser técnico em Agroecologia. Por balizamento do Instituto de Educação Profissionalizante do Estado de Rondônia a partir do ano que vem, vamos levar para dentro daquele Projeto, Meninos e Meninas oriundos de comunidades Quilombolas”, finalizou Daniel Pereira.

Fonte - 015 - Secom - Governo de Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.