News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 21 de Abril de 2021

12 anos

RAPAZ CONVIDA MENORES PARA BEBER E TENTA ESTUPRÁ-LAS

O rapaz ainda danificou a viatura da PM ao ser preso. O caso aconteceu no MT.
Segunda-Feira, 12 de Novembro de 2018 - 15:08

Cuiabá, MT - Um rapaz de 24 anos foi preso pela Polícia Militar nesse domingo (11) acusado de tentar estuprar duas meninas de 14 e 15 anos. A tentativa teria acontecido dentro de sua casa, no bairro Alvorada, em Cuiabá. Ele tentou fugir, mas acabou preso. No caminho para a delegacia, o acusado ainda teria danificado a viatura da polícia.

O caso veio à tona depois que as duas menores de idade procuraram uma base da Polícia Militar, no bairro vizinho, Araés, para contar o ocorrido.

Segundo elas, na madrugada daquele dia elas foram convidadas para ir até a casa do suspeito, identificado como Lucas, de 24 anos. O intuito do convite, confessaram, era o consumo de bebida alcoólica.

No entanto, quando estavam na casa, o rapaz teria tentado ter relação sexual com as menores, que se recusaram. Com a negativa, Lucas teria ficado bravo e começado a espancar as duas. Conforme a polícia relatou, as meninas estavam com muitas lesões.

Depois que as meninas contaram o caso à polícia, quatro militares foram até o endereço do rapaz e foram recebidos pelo pai do acusado. Com a autorização da família, a PM entrou na casa, mas não conseguiu encontrar o suspeito.

Quando dois PMs já tinham deixado a residência, viram Lucas chegando. Ao perceber a viatura, ele correu para casa e trancou o portão, na intenção de se esconder. Entretanto, dois militares ainda estavam lá dentro. O acusado foi preso em flagrante.

Os militares também relataram que, quando estavam levando o suspeito para a delegacia, o rapaz teria batido com os pés no camburão, fazendo com que as grades da viatura ficassem amassadas.

O acusado também foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para receber tratamento, já que ficou com lesões causadas pelas meninas, em decorrência da tentativa de estupro. Na unidade médica, ele começou a gritar e teria tentado pegar a arma de um dos militares, que precisou usar a força para contê-lo.

O caso foi registrado como tentativa de estupro, lesão corporal, corrupção de menores e outros quatro crimes. A Polícia Civil vai investigar o acontecido.

Fonte - 010 - olivre

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.