News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021

Livre

POLÍTICA & MURUPI: QUEM É O DJ MR. M? (OPERAÇÃO EVOLUÇÃO)

Um negócio rentável, bem montado, com logística usando os correios para a entrega da droga, auxiliares para a guarda da droga e advogados pagos para eventualidades como a prisão do auxiliar.
Quarta-Feira, 07 de Novembro de 2018 - 16:16

FRASE DO DIA:

“Não posso pautar minha vida num álibi falso de perseguição política.” – Sérgio Moro

1-DJ Mr.M

A PF deflagrou a Operação Evolução para prender o DJ, estudante universitário de classe média alta, promotor de festas e que traficava ecstasy e LSD nas suas festas rave.

Um negócio rentável, bem montado, com logística usando os correios para a entrega da droga, auxiliares para a guarda da droga e advogados pagos para eventualidades como a prisão do auxiliar. A prisão ocorreu no dia 31 de outubro e até agora a identidade do Mr. M continua um mistério. 

Uma coisa é a zoeira na eleição e a outra é o dia a dia com pressão. Sabe Jerusalém, a fusão do meio ambiente com agricultura, o Coaf subordinado a Moro, a reforma urgente da previdência, o fim do ministério do trabalho, o porte de arma, o excludente de ilicitude, o sniper contra o bandido armado, o mercado chinês, o general na Defesa, a redução da maioridade penal, a presidência da Câmara dos Deputados e mais um zilhão de coisas? Pois é. Só depois de muito papo. Aguardem.  

3-Marcando território

Durou quase duas horas a entrevista do juiz Sérgio Moro na sede da Justiça Federal em Curitiba. Sereno, respondeu a todas as perguntas e mostrou as afinidades com as propostas do Bolsonaro e um plano para atuar como guardião da legalidade e respeito aos direitos fundamentais.

Falou também das divergências e disse que sua presença no governo pode “afastar receios infundados”. Acostumado à hierarquia do judiciário Sérgio Moro disse estar consciente de visões que precisam ser realinhadas e que a última palavra é sempre do presidente: “Sou um subordinado. Se eu não concordar, decido se continuo ou não”. Moro representa uma garantia do governo Bolsonaro.

4-Os longos braços da lei

Decorridos doze anos desde a operação sanguessuga, a segunda turma do STF determinou ao deputado federal Nilton Capixaba o imediato cumprimento da pena de seis anos, 10 meses e seis dias em regime semiaberto.

Por conta deste processo, Nilton Capixaba desistiu de concorrer nas eleições deste ano. Ele foi condenado pelo crime de corrupção passiva e tendo sido sentenciado em fevereiro deste ano ainda tentou um recurso para redução da pena, o que lhe foi negado. 

5-O silêncio é mesmo de ouro?

Blindado, escondido ou discreto, impossível dizer. Sobre Marcos Rocha sabe-se o que foi dito por ele durante a campanha. Eleito, privilegiou alguns poucos de veículos de comunicação na trilha da agenda traçada por uma agência de propaganda e depois, o mutismo severo. Pelo que determina a lei, hoje poderá ser conhecido o grupo que cuidará da transição e, com a divulgação dos nomes tentarei adivinhar a cara do novo governo, já que como diz o Zé de Nana, “ninguém sabe o que o calado quer”. Mas estamos nós aqui na maior torcida para que tudo ocorra como o prometido.     

leoladeia@hotmail.com

 

Fonte - Leo Ladeia/NewsRondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.