News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sabado, 17 de Abril de 2021

Livre

SEGUNDO SOL: VEJA RESUMO DO CAPÍTULO DESTA TERÇA (23/10)

Laureta repreende Remy por ter saído de seu esconderijo
Terça-Feira, 23 de Outubro de 2018 - 08:54

Reta Final: Laureta conta a Remy como forjou a sua morte
O malandro diz que cansou de ficar escondido no Rio de Janeiro. Confira em 'Segundo Sol'!

Laureta repreende Remy por ter saído de seu esconderijo. Valentim avisa a Beto da prisão de Luzia. Karola fica chocada com a possibilidade de Remy estar vivo. Laureta conta para Remy como forjou sua morte. Beto vai à delegacia falar com Luzia. Valentim defende a mãe biológica. Cacau critica Nice por acreditar em Agenor. Meire fica constrangida ao saber da prisão de Luzia. Severo tenta atacar os ladrões, mas acaba rendido. Manu, Ícaro e Cacau vão à delegacia. Remy se impressiona com a declaração que ouve de Karola. Laureta leva Remy até a rodoviária e manda Sombra segui-lo. Remy decide voltar para Salvador e Sombra avisa a Laureta. Beto e Luzia concordam em pedir para Rosa se infiltrar na casa de Laureta. Sombra cerca Remy e o rouba. Remy ameaça Laureta.

Depois de aparecer morto em um quartinho de hotel, Remy (Vladimir Brichta) é visto por Luzia (Giovanna Antonelli) caminhando nas ruas de Salvador.

E não é que a DJ estava certa? O malandro dá o ar da graça na casa da Laureta (Adriana Esteves) - ou melhor, na sua banheira -, e deixa a cafetina furiosa: "Você tá louco de aparecer aqui em Salvador, criatura? Quer lascar com tudo, depois da trabalheira que tive e da fortuna que gastei?"

Luzia acorda ao lado do corpo de Remy, e Beto flagra a cena

Remy diz que cansou da vida no Rio de Janeiro e acusa Laureta de ter forjado a sua morte:

"Gosto de jogo limpo, Laurex, mesmo o jogo sujo tem que ser limpo. Eu atraí Luzia para aquela pensão achando que era uma emboscada pra Beto pegar ela na cama comigo, você me enganou, me colocou pra dormir dentro de um caixão, me fez enganar minha família."

Laureta conta com detalhes sobre o dia da falsa morte. Para começar, ela deu champanhe batizado para Remy beber. Depois que ele apagou, a cafetina contou com a ajuda de dois peritos para forjarem a cena do crime. "Negócio arriscado. Podia ter dado errado", Remy avalia.

Laureta fala que adora correr riscos, mas Remy bate de frente com ela:

"Você é muita abusada mesmo! Fingiu que me matou, me preparou pro velório na sala da casa de meus pais e ainda me gratinou no crematório, na frente de todo mundo! Fez o teatrinho completo, em três atos e sem intervalo!"

"Pare de resmungar, que coisa chata! E se, e se, e se... E se, nada! Você tá aqui, vivinho da

"Acho que o público gostou do Remy porque se interessa por personagens que acumulam erros. Ele tem algo de perdedor na figura dele, não é só aquele cara que manipula. Ele é mau, mas também é um cara que perde, acumula derrotas e isso gera algum tipo de empatia, acho que isso ajudou o público a gostar desse personagem, que de alguma forma não anda muito em círculos, estava sempre avançando nas tentativas e nas desilusões das quais foi tema."

Fonte - 015 - Gshow

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.