SÉTIMO SUSPEITO DA MORTE DE 'CHICO PERNAMBUCO' VAI A JÚRI NA QUARTA,17

Katsumi Yuji Ikenohuchi lema desde o assassinato do prefeito de candeias seguia foragido da justiça, até ser preso em agosto na cidade de Cobija, na Bolívia durante uma operação da polícia federal dos dois países.
Segunda-Feira, 15 de Outubro de 2018 - 17:28

Katsumi Yuji Ikenohuchi Lema de acordo com as investigações da Polícia Civil de Rondônia, é apontado como o principal suspeito do assassinato do prefeito Francisco Vicente de Souza, o “Chico Pernambuco”, de Candeias do Jamari.

Katsumi Yuji Ikenohuchi lema desde o assassinato do prefeito de candeias seguia foragido da justiça, até ser preso em agosto na cidade de Cobija, na Bolívia durante uma operação da polícia federal dos dois países.

Com a prisão dele o tribunal de justiça de Rondônia   marcou para a próxima quarta-feira, 17 o julgamento, na 1ª Vara do Tribunal do Júri, em Porto Velho. Ikenohuchi Lema, primo do atual prefeito de candeias, Luiz Ikenochuchi será levado a júri popular.

Na última quinta-feira a polícia civil cumpriu mandados de busca na sede da prefeitura no município há 22 quilômetros de porto velho. Os telefones celulares do prefeito e da mulher dele foram apreendidos para averiguação.

Consta do inquérito das investigações, que estaria na quebra de um acordo entre a vítima Katsumi Yuji na campanha eleitoral de 2016 os motivos que levaram a queima de arquivo.

O prefeito Francisco Vicente de Souza foi morto a tiros no dia 18 de março do ano passado.  A vítima chegava em casa na companhia da namorada quando homens armados numa moto o surpreenderam.

Julgados e condenados

Talisso Souza de oliveira, Wellyson da Silva vieira e William Costa Ferreira, Henrique ribeiro de oliveira, Diego Nagata Conceição e Marcos Ventura brito já foram julgados, há mais de 14 anos de prisão.

 

 

 


Fonte - NewsRondônia

Comentários

News Destaques

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.