News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 07 de Março de 2021

Livre

LENHA NA FOGUEIRA: “AMOR DE MÃE” NO CINE VENEZA

Nesta quarta-feira (5), a Rondônia Cinematográfica disponibilizará duas sessões para a população assistir o filme “Amor de Mãe” no Cine Veneza, às 19h30 e às 20h30.
Quarta-Feira, 05 de Setembro de 2018 - 09:43

SOLIDARIEDADE - Nesta quarta-feira (5), a Rondônia Cinematográfica disponibilizará duas sessões para a população assistir o filme “Amor de Mãe” no Cine Veneza, às 19h30 e às 20h30.

Parte do valor do ingresso, R$ 10,00, será revertido para Núcleo de Apoio à Criança com Câncer (NACC).

“Foi uma forma que encontramos para contribuir com a construção da nova sede do NACC, que está em fase de conclusão e necessita de apoio financeiro para concluir a obra”, declarou o produtor do filme, jornalista e empresário da área de comunicação, Paulo Andreoli.

Amor de Mãe foi lançado nacionalmente em Porto Velho na noite de sexta-feira, 31, no Cine Veneza. Foram três sessões. Na primeira, participaram autoridades e convidados. Na oportunidade, as pessoas que contribuíram de alguma forma para a realização do filme foram homenageadas com uma placa.

O filme é dirigido pelo cineasta e ator da Globo, Anselmo Vasconcellos, que veio a Porto velho participar do lançamento. Ele também atua no longa, interpretando o personagem Chico Boto.

O ator faz par com a atriz rondoniense, de Espigão do Oeste, Leila Lopes. Ela foi descoberta durante oficina de cinema realizada por Anselmo ano passado (2017) em Porto Velho.

Com duração de 48 minutos, Amor de Mãe tem co-direção e cinematografia do rondoniense Neto Cavalcanti, que é responsável também pela direção de fotografia, trabalho esse executado em parceria com Thiago Oliveira.

O filme agora será comercializado para plataformas de streaming. “Quem adquirir o longa, certamente irá demorar um pouco para exibi-lo novamente, por isso quem quiser vê-lo, esse é o momento”, declarou Paulo.

Bem que o “Amor de Mãe” poderia ser exibido no Teatro Palácio das Artes Rondônia, nessa promoção em favor da NACC. E por que isso não acontece, qual o motivo?

1º O Teatro está impossibilitado de receber qualquer evento em virtude do ocorrido durante o ensaio do musical Mamonas outro dia.

E mesmo se o Palácio das Artes Rondônia estivesse funcionando, dificilmente o Paulo Andreoli conseguiria exibir sua obra prima naquele logradouro.

É que o aluguel ou locação do Teatro é muita caro e em consequência, a NACC receberia quase nada.

Bom, o que quero dizer, é que, em virtude da falta de manutenção nos teatros Rondônia e Guaporé os internautas não estão livrando a cara de ninguém.

Está viralizando nas redes sociais, críticas as mais pejorativas possíveis, sobre a administração da Funcer, entidade que deveria cuidar da manutenção dos Teatros.

As reclamações vão desde a falta de água nos banheiros ao valor do aluguel cobrado pelos responsáveis pela casa.

No próximo dia 25, o Teatro Palácio das Artes Rondônia completa quatro anos de inaugurado. No entanto, publicam os internautas: “O que era para ser alegria por parte da população, está se tornando motivo de decepção e reclamações devido a situação em que se encontra''.

Quando coloco que “Diploma” Francês não quer dizer capacidade, tem gente que me critica. Taí a prova!

Diretor de Teatro tem que ser tratado que nem técnico de futebol. Não está sabendo dirigir o time CAI FORA é EXONERADO a PEDIDO DA TORCIDA.

O Museu Nacional demorou 200 anos para ser destruído pelo Fogo. Nosso Palácio das Artes com menos de quatro anos, está caindo aos pedaços.

O “bichim” passou quase 20 anos para ser concluído e antes de completar 4 anos, vem o Mamonas e quase sofre outra tragédia

Não posso nem pedir PANO porque a vara de sustentação das cortinas caiu. Então fecha tudo pra balanço Dani!

Fonte - 015 - Silvio Santos / NewsRondonia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.