News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2021

Livre

SELEÇÃO DA SUÍÇA, PAÍS DE EMPREENDEDORES, JOGA COM O BRASIL NESTE DOMINGO

O mais interessante é que os suíços, independente dos traços culturais, em sua maioria são empreendedores.
Sexta-Feira, 15 de Junho de 2018 - 09:22

Na tarde deste domingo, 17 de junho, pela Copa do Mundo, o Brasil jogará contra a Suíça, país que recebe grande número de estrangeiros, com quatro regiões culturais: alemã, francesa, italiana e grilões, cada uma com sua respectiva língua. O mais interessante é que os suíços, independente dos traços culturais, em sua maioria são empreendedores.

Na Suíça os trabalhos domésticos são muito caros, tornando-se difícil contratar serviços de uma empregada doméstica, por exemplo. As pessoas se acostumaram a fazer seus próprios serviços como a limpeza de casa, culinária e até mesmo cuidar de filhos. Por essa razão as mulheres suíças que optam em ter filhos não podem trabalhar enquanto as crianças são pequenas, porque, se o fizessem, sairia muito caro pagar uma babá. Como alternativa, muitas delas são empreendedoras e têm seus próprios negócios, em sua maioria para atender serviços. Um terço das pequenas e micro empresas suíças são administradas por mulheres.

O comportamento empreendedor dos suíços contou com o apoio do Brasil em razão de um vulcão ter espalhado cinzas no Cantão de Fribourg, no século XIX – o povo teve problemas para atividades agrícolas. Dom João VI mandou vir os suíços dessa região e ofereceu terras na Fazenda Morro Queimado no Distrito de Canta Galo, Rio de Janeiro, de clima frio onde fundaram a cidade de Nova Friburgo. É claro que não foram somente os prejudicados pelas cinzas, outros grupos aproveitaram para fugir de situações de conflito na Europa. Do total de navios que chegaram com esse contingente migratório, com 265 famílias que somaram mais de 1 400 pessoas em 1819 e 1820, muitas perderam a vida com doenças adquiridas durante a viagem, porque passaram fome e, devido à fraqueza, ficaram mais suscetíveis a contrair enfermidades.

O Sebrae participou de atividades em parceria com o Senai e outras instituições para dar suporte à escola de queijo em Nova Friburgo. Lá os descendentes dos imigrantes suíços deram sequência à capacitação de pessoas que fabricavam seus queijos no município. Também foi desenvolvida a fabricação de leite de cabra em pó, que tem excelente mercado para atender crianças com alergia ao capim braquiária presente no leite de vaca. Nessa parceria o Sebrae deixou sua marca nas inciativas empreendedoras na região serrana do Rio de Janeiro e continua em suas atividades de apoio aos empreendedores.

Se você é empresário de pequenos negócios, procure informações acessando o site <sebrae.ro>. Conheça também a programação de eventos no município mais próximo de você em <sebrae.ro/agenda> ou envie mensagens de texto para nosso WhatsApp: (69) 98130-5656. Se preferir, ligue para a Central de Atendimento 0800 570 0800.

Fonte - 010 - Mário Antônio Veronese Varanda

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.