18 anos

Polcia

CRIANA E MULHER MORREM EM TIROTEIO NO COMPLEXO DO ALEMO, NO RIO

Ainda de acordo com a PM, entre os envolvidos na ao estaria o criminoso conhecido como "Caro", um dos lderes do trfico local.
17/03/2018

Rio de Janeiro- Uma criança e uma mulher morreram durante um tiroteio no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, na noite desta sexta-feira (16). Pelo menos outras três pessoas, incluindo a mãe da criança, ficaram feridas

"Um jeep branco estava com quatro marginais de fuzis, quatro fuzis. Ao avistarem viatura, efetuaram disparo contra a guarnição", afirmou ao UOL o major Ivan Blaz, porta-voz oficial da PM (Polícia Militar). Segundo a GloboNews, um homem também teria morrido ao chegar ao hospital, informação não confirmada pela PM.

Segundo coletivos locais, a criança teria dois anos e teria sido atingida por um tiro na cabeça. A informação também não foi confirmada por Blaz. Um fuzil foi apreendido, e o carro foi recuperado.

Os feridos foram socorridos inicialmente na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Alemão e, depois, transferidos para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na zona norte do Rio. Segundo o major, a UPA do Alemão foi depredada após a notícia das mortes.

A PM informou que a avenida Itaoca, próxima ao local do tiroteio, está fechada por causa do confronto entre policiais militares e os criminosos. Ainda segundo a PM, o Batalhão de Choque também foi para o local.

Ainda de acordo com a PM, entre os envolvidos na ação estaria o criminoso conhecido como "Carão", um dos líderes do tráfico local.

Nas redes sociais, moradores relatam que o clima é tenso na avenida Itaoca e na estrada do Itararé, dois acessos ao Complexo do Alemão. Policiais do Choque estariam patrulhando os locais. Segundo os relatos, nenhum ônibus está circulando nas vias.

O tiroteio seguido de mortes ocorre dois dias após o assassinato a tiros da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes. Eles foram vítimas de homicídio doloso (com intenção de matar) e premeditado.

Neste domingo (18), a intervenção federal de caráter militar na segurança pública do Rio completa exatamente um mês. Até agora, o orçamento e a estratégia da operação ainda não foram anunciados. A intervenção foi determinada via decreto pelo presidente Michel Temer (MDB.

 

 

Comentários

Outras Notícias

NEWS Poltica

NEWS Polcia

Siga-nos:

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.