Quarta-Feira, 07 de Março de 2018 - 11:12 (Política)

L
LIVRE

CÂMARA DE VEREADORES DE PORTO VELHO REALIZA “TREM DA ALEGRIA” PARA VISITAR 'SAÚDE' EM GOIÂNIA

Justificativa para gastos de mais de 12 mil reais seria para 'conhecer a experiência daquela capital no tocante à utilização de Organizações Sociais em Setores de saúde Pública'.


Imprimir página

O site da Câmara de Vereadores de Porto Velho traz uma despesa bem interessante para o contribuinte: um grupo de sete vereadores recebeu cada um, três diárias que totalizam R$ 1.785,24, sendo no valor de 595,08 reais cada. O grupo escolhido para receber a grana foi: Jurandir Bengala (Jurandir Rodrigues), Alan Queiroz, Jair Montes, Edwilson Negreiros, Marcelo Cruz e Marcelo Reis, conforme lista divulgada e apurada pelo News Rondônia.

O motivo é muito nobre: de acordo com os empenhos 060 a 066/2018 seria para “atender ao convite do prefeito Hildon Chaves no sentido de se junta à Comitiva Estadual que irá a Goiânia/GO, no período de 04 a 06 de marco de 2018 (de domingo a terça-feira), conhecer a experiência daquela capital no tocante à utilização de Organizações Sociais em Setores de saúde Pública”. O total da “brincadeira” ficou em R$ 12.496,68 (doze mil, quatrocentos e noventa e seis reais e sessenta e oito centavos).

Enquanto isso, diversas ruas da Capital estão tomadas por buracos, faltam médicos e remédios nas UPAs, ônibus decentes aos usuários, entre outros problemas que causam dores de cabeça aos cidadãos. Daí, o prefeito Hildon Chaves resolveu montar um grupo para levar uma “rapaziada” boa até a cidade da música sertaneja brasileira. “Parece até um tapa na cara da sociedade. Enquanto a cidade está cheia de problemas antigos e a Prefeitura diz que fez muito em pouco tempo e que está construindo progresso, o prefeito resolve levar sua ‘galera’ para dar uma voltinha em Goiânia para ver um processo que claramente pode dar certo ou errado, no caso, na maioria dos estados, dá errado”, criticou o analista político José Carlos Rodrigues.

Para ele, em tempos que o contribuinte cobra mais economia e planejamento com os recursos públicos, que já andam tão escassos, uma viagem dessa se torna sem sentido, ainda mais em dias importantes para o chefe do Executivo e para quase a metade da Câmara de Vereadores. “O prefeito vive fazendo propaganda no Facebook que está trabalhando. Mas, mal assumiu, tirou férias no exterior. Aí com pouco mais de um ano de trabalho, está cambaleando em áreas vitais como saúde e educação. Até hoje, alunos da zona rural ainda nem começaram a estudar por falta de transporte escolar. Não satisfeito, resolve levar oito dos 21 vereadores para dar essa ‘olhada’ no sistema de saúde de Goiânia. Aí fica difícil falar alguma coisa positiva”, apontou José Carlos Rodrigues.


Maurício Carvalho (PSDB)

Segundo informações obtidas pela reportagem do News Rondônia com algumas fontes dentro da Presidência da Câmara, apenas o presidente Maurício Carvalho (PSDB) pagou as despesas com passagens, alimentação e hospedagem com recursos próprios. Os outros sete parlamentares, logicamente foram com dinheiro público.

Fica aberto o espaço para os vereadores justificarem suas idas para Goiânia junto com o prefeito Hildon Chaves (PSDB).

Fonte: NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias