Segunda-Feira, 05 de Março de 2018 - 19:12 (Artigos)

L
LIVRE

O QUE É QUE EU E VOCÊ NÃO VEMOS - Por João Antonio Pagliosa

No tempo de Jesus, quando as pessoas cometiam erros graves, a atitude mais comum era rasgar suas vestes.


Imprimir página

No livro de Joel, capítulo 2, a partir do versículo 12, lemos sobre uma nova chamada ao arrependimento. O profeta diz: "Dilacerai o vosso coração e não as vossas vestes como de costume. Retornai com todo vosso ser para Deus, porquanto ele é tardio para irar-se e magnânimo em misericórdia. Compassivo, paciente, todo amor, e capaz de arrepender-se, e suspender a desgraça prevista."

Homens e mulheres com coração de pedra precisam ser transformados em coração de carne. Isso só será possível quando rasgarmos o nosso coração, quando compreendermos que precisamos mudar nossos comportamentos, quando entendermos que não somos tão bons quanto julgamos ser. Quando aquilatarmos o quão incrível é viver na dependência de Deus! Um Deus que nos ama com amor intenso e desmedido.

Muitas vezes não vemos as nossas falhas; e, por não as vermos, continuamos fazendo coisas erradas. Não nos arrependemos de nossos pecados e continuamos na iniquidade.

Em Efésios 5, a partir do versículo 22, o apóstolo Paulo orienta as esposas para serem submissas aos seus maridos, e os maridos para serem amorosos com suas esposas assim como Cristo amou a sua Igreja e se sacrificou por ela.

Não obstante, apesar de recomendações tão cristalinas, mesmo dentro da Igreja, o que mais se vê, são mulheres que desrespeitam a autoridade de seus maridos. E maridos que não tratam com amor zeloso as suas esposas. Nada adianta quebrantar-se diante de Deus, se trato mal o meu cônjuge!

Ame o seu cônjuge e se sacrifique por ele!

Acredite, todos os casais poderão reconstruir seus lares em perfeita harmonia se encararem este desafio com maturidade e fé cristã, e se rasgarem seus corações e pararem de culpar os outros pelos seus erros, todos aqueles anos que o gafanhoto devorador consumiu, serão restituídos completa e integralmente. A prosperidade abundará em suas vidas. Isto é um propósito de Deus. É verdade bíblica!

Prezado leitor, atente que Deus volta atrás e pode suspender o mal em nossas vidas, ao transformarmos o nosso coração. Rasgar o nosso coração e nos transformarmos em novas criaturas tem o propósito de acrescentar o vinho, o azeite e o trigo a nossa vida. Estes eram os símbolos da prosperidade da época do profeta Joel. Portanto, se quer ser próspero e comer o melhor desta terra, mude o seu coração... Não perca mais tempo e seja aberto e transparente com seu cônjuge...

Eu vejo grandes mudanças acontecendo no mundo. Vejo Igrejas sendo podadas, sendo eliminadas, sendo transformadas. E considero isso muito adequado e necessário.

Quando paramos para refletir sobre o verdadeiro papel da Igreja, fica evidente entender que não dá para seguir determinados pastores. Que não dá para colaborar com dinheiro, quando vinculam a doação em dinheiro com a graça a ser alcançada. Dessas Igrejas, eu estou fora! Desses pastores eu quero distância.

Respeito precisa vir em primeiro lugar! 

Fonte: 010 - João Antonio Pagliosa/NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias