Terça-Feira, 27 de Fevereiro de 2018 - 09:31 (Colaboradores)

L
LIVRE

TEM LEILÃO ROLANDO - POR CARLOS SPERANÇA

Os partidos estão com muito dinheiro e podem aumentar ainda mais os percentuais recebidos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ampliando seu número de representantes. Vai daí que os caciques foram às compras. Muita gente vai entrar neste troca-troca.


Imprimir página

Tendo em vista a janela partidária, aquele período inventado pelo Congresso Nacional para os deputados estaduais e federais mudarem de partido sem a punição da cassação de seus mandatos, os parlamentares começaram um leilão junto aos diretórios nacionais. Os partidos estão com muito dinheiro e podem aumentar ainda mais os percentuais recebidos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ampliando seu número de representantes. Vai daí que os caciques foram às compras. Muita gente vai entrar neste troca-troca.

A política tem se revelado há muito tempo que é um balcão de negócios. Nas Câmaras Municipais muitos edis recebem mensalinhos dos prefeitos, nas Assembleias Legislativas muitos deputados ganham mesadões dos governadores e no Congresso Nacional, além das emendas parlamentares recheadas para os parlamentares aliados, tem a venda de mandatos através da janela partidária.

A cada ano que passa, além dos auxílios recebidos no contracheque, os deputados estaduais e federais exploram viagens e mais viagens para embolsar gordas diárias do Congresso Nacional. Poucos resistem a tantas vantagens e aos “incentivos” das empreiteiras brasileiras.

Uma cartilha

Preocupada com a situação política no País e com tantas aves de rapina disputando cargos eletivos nas eleições de outubro, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) está preparando uma cartilha para ser distribuída aos seus fiéis buscando a conscientização do eleitorado. Também sobre a Previdência será emitido um documento, até agora inacabado por certa divergência entre os bispos.

A produção

A cheia no rio Madeira já prejudica a produção de hortigranjeiros nas localidades ribeirinhas, atingindo as plantações de banana, macaxeira e outros produtos agrícolas, além da criação de galinha caipira, patos, porcos, etc. Sem apoio desde a enchente histórica, os ribeirinhos penaram para se levantar, e quatro anos depois estão vendo todos os seus esforços caindo rio abaixo novamente. É lamentável.

A fiscalização

A falta de fiscalização nas obras públicas é um grave problema em Rondônia redundando em enormes prejuízos para a população. Sejam nas estradas mal feitas e com asfalto fora dos padrões, das casas populares rachadas, pontes superfaturadas, escolas e creches construídas com material de péssima qualidade, um verdadeiro conluio dos empreiteiros com os políticos rondonienses que fecham os olhos para estas barbaridades. Coisa de louco!

Convenções nacionais

Os partidos abrem suas convenções nacionais a partir de março e o Democratas fará a primeira delas programada para acontecer no dia 8 com o lançamento da pré-candidatura do deputado federal Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, para a Presidência da República. A candidatura, no entanto, só será ratificada na convenção do meio do ano, quando as candidaturas serão homologadas.

A confirmação

O prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires (PSB), já se prepara para deixar o cargo, se desincompatibilizando em abril para disputar uma cadeira ao Senado. O alcaide da capital da BR, que tem dois filhos acadêmicos estudando em faculdades em Porto Velho, tem residência na capital desde os tempos de deputado estadual, na década passada. Jesualdo já começa os primeiros contatos pelo Estado para projetar sua postulação.

Via Direta

*** Com a central de boatos tomando conta do pedaço, os comissionados do governo estadual estão de barbas de molho *** O papo que circula é que é preciso reduzir em 30% os cargos em comissão, e muita gente tem que entregar o cargo até o dia 27 *** Se não for feito isto, faltará dinheiro para pagar o funcionalismo, conforme a boataria *** Em ano de eleição, a oposição toca o terror. E é um ano de grandes reviravoltas.

Fonte: Carlos Sperança - News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias