Sexta-Feira, 23 de Fevereiro de 2018 - 09:56 (Polícia)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

PM PRENDE SUSPEITO QUE COMERCIALIZAVA DROGAS POR APLICATIVO DE MENSAGENS

Durante a abordagem, os PM’s acabaram encontrando uma grande porção de Maconha, dois notebooks e cerca de R$ 600 reais em dinheiro. O caso aconteceu em Ji-Paraná.


Imprimir página

Ji-Paraná - Na tarde desta quinta-feira, dia 22, a Polícia Militar conseguiu acabar com mais um comércio de entorpecente em Ji-Paraná. Desta vez, os meios usados para as transações ilícitas eram feitas através do aplicativo “WhatsApp” que, usado para o bem, auxilia muito a vida dos usuários.

De acordo com o Supervisor de Dia, SGT PM Augustinho, uma Guarnição da PTRAN, composta pelo SGT PM Marcos Silva, auxiliado pelo SD PM Tiago e SD PM Simone, realizava patrulhamento de rotina pelas imediações do Shopping IG, quando se depararam com duas indivíduos trafegando em uma motocicleta em atitude suspeita.

Durante a abordagem, os PM’s acabaram encontrando uma grande porção de Maconha, dois notebooks e cerca de R$ 600 reais em dinheiro. A dupla confessou que a droga era para consumo e delatou seu fornecedor.

A dupla também informou todo o processo de como funcionava a transação através do aplicativo “WhatsApp” e de posse de algumas informações, os Policiais Militares chegaram até ao suposto fornecedor, identificado como Fábio Castro da Silva, de 34 anos.

Fábio Castro foi abordado ao lado do campo de futebol do Capelasso e já estava fazendo outra entrega. Com ele, os PM’s encontraram cerca de 100 gramas de Maconha, divididas em grandes papelotes.

 

Já na residência do Fábio Castro, localizada na Rua José Brasil Neto, no Residencial Capelasso, os Policiais Militares encontraram mais droga e uma balança de precisão, usada para pesar o entorpecente.

Fonte: 010 - comando 190

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias