Segunda-Feira, 19 de Fevereiro de 2018 - 16:38 (Política)

L
LIVRE

ACESSIBILIDADE: LÉO MORAES FAZ VISTORIA PRÉVIA NO NOVO PRÉDIO DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE RONDÔNIA

A proposta, segundo o parlamentar, é evitar gastos desnecessários futuramente com possíveis adequações.


Imprimir página

O Deputado Estadual Léo Moraes esteve no novo prédio da Assembleia Legislativa de Rondônia para realizar uma vistoria prévia nas adaptações do espaço adequado para pessoas com deficiência. A proposta, segundo o parlamentar, é evitar gastos desnecessários futuramente com possíveis adequações.

“Nós ouvimos a reivindicação das pessoas que possuem alguma deficiência ou mobilidade reduzida que lutam por inclusão, dignidade e respeito. Não são raras as vezes que em são encontradas dificuldades em locomoção em vários locais públicos. Durante a vistoria, apontamos algumas dificuldades de circulação e encaminhamos para o departamento de engenharia da casa de leis que nos atendeu prontamente para realizar os devidos reparos.” Explicou Léo.

A servidora pública Rossilena Marcolino é uma das representantes da categoria e engajada em melhorar a acessibilidade das pessoas com deficiência em prédios públicos, supermercados, teatros entre outros locais. Segundo ela, “realizar esse tipo de vistoria é muito importante, pois mostramos na prática a nossa dificuldade com a falta de acessibilidade ao realizar ações do cotidiano. Eu agradeço ao deputado Léo Moraes pela sensibilidade e determinação em facilitar nosso dia a dia.” Relatou.

Como Presidente da Comissão de Direitos Humanos, Léo Moraes enfatiza que a falta de acessibilidade é um assunto de extrema importância e que afeta boa parte da população rondoniense. “Uma das nossas propostas é checar lugares que não têm acessibilidade e fazer o possível para melhorar a vida das pessoas com deficiência, sejam elas permanentes ou provisórias. Vamos realizar mais fiscalizações como esta em prédios públicos de Porto Velho, e posteriormente estender o trabalho para o interior de Rondônia e garantir acessibilidade para todos.” Concluiu.

Fonte: 010 - Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias