Sexta-Feira, 16 de Fevereiro de 2018 - 15:14 (Geral)

L
LIVRE

FOLIÕES RECEBEM ORIENTAÇÕES SOBRE O TRÂNSITO SEGURO DURANTE CARNAVAL EM PORTO VELHO

Os educadores de trânsito estiveram em locais com grande concentração de pessoas.


Imprimir página

A ação Motorista Camarada realizada pela Diretoria Técnica de Educação de Trânsito (DTET), do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN), alcançou bons resultados durante o Carnaval.

Foram feitas abordagens e explanações de mensagens orientando os foliões sobre os riscos da condução de veículos sob efeito de álcool. Segundo o chefe da Divisão de Campanhas Educativas, Bruno Eduardo, em todos os locais onde atuaram, o público recebeu bem as mensagens.

Os educadores de trânsito estiveram em locais com grande concentração de pessoas. O público foi estimado em mais de 230 mil pessoas. Banda do Vai Quem Quer (100 mil), Murupi (35 mil), Us Dy Fora (30 mil), Areal Folia (35 mil), Jatuana Sul (35 mil), Carnaleste (mil), Canto da Coruja (mil).

Outras ações foram realizadas para alcançar crianças e os pais, nas matinês. Nessas atividades foram utilizadas os marcotes do DETRAN, Vidinha e Ligadinho. No Mercado Cultural (2 mil) e no Talismã 21 (mil).

Em todos esses blocos, a equipe do DETRAN teve espaço nos palcos e trios elétricos onde falaram ao microfone orientando os brincantes sobre a condução segura. Também foram feitas simulações de abordagens com uso de etilômetro.

O diretor Técnico de Educação de Trânsito, Solano Ferreira, elogiou os dirigentes de blocos e organizadores de Carnaval que demonstraram o interesse na causa de preservação da vida. “Com certeza esses espaços para a educação de trânsito resultaram em menos mortes”, afirmou.

O diretor geral do DETRAN, José de Albuquerque Cavalcante, destacou a grande mobilização da DTET, que em diversos municípios de Rondônia desenvolveu ações educativas durante o Carnaval. “O caminho para a mudança de comportamento e a efetivação de uma educação de trânsito atuante e eficiente”, ressaltou.

Fonte: 010 - Thais oliveira

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias