Sexta-Feira, 09 de Fevereiro de 2018 - 08:12 (Polícia)

14
Não recomendado para menores de 14 anos

JOVEM É PRESO APÓS MATAR A MÃE: 'GARGALHAVA DEPOIS DO CRIME'

O suspeito também tentou ferir o padrasto, que conseguiu fugir do agressor e se esconder no banheiro, o caso aconteceu no Paraná.


Imprimir página

Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba - Uma mulher foi morta pelo próprio filho, um jovem de 20 anos, com golpes de tesoura, nesta sexta-feira (9). O marido da vítima conseguiu fugir do suspeito e se trancar no banheiro até a chegada da polícia. O crime foi cometido dentro de uma residência em um condomínio fechado.

O autor do assassinato, identificado como Eduardo Henrique dos Santos Lima resistiu à prisão e a PM precisou usar uma arma de choque para imobilizar o rapaz. A mãe dele, Nair Oliveira, 49, foi encontrada já sem vida em um quarto. Segundo o tenente Dré, do Batalhão de Polícia de Guarda, vizinhos ouviram gritos de socorro e acionaram a corporação.

O policial ainda acrescentou que o agressor estava "transtornado" e chegou a gargalhar após o crime. "Se a equipe leva dois minutos para chegar, ele teria cometido um duplo homicídio. A porta do banheiro estava quase destruída. Ele estava gargalhando, como se nada tivesse acontecido. Só depois de um tempo ele falou que a ficha estava caindo. Não dá para descrever, era totalmente fora do normal", contou ao G1 o tenente.

De acordo com a reportagem, Eduardo tinha uma passagem na polícia por posse de substâncias entorpecentes. Ele negou estar sob efeito de drogas, mas assumiu ser usuário. O suspeito também afirmou que não usava nenhum tipo de droga há um mês.

Fonte: 012 - Notícias ao Minuto

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias