Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018 - 11:22 (Polícia)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

'ESTOU NO MEIO DO FOGO CRUZADO', DIZ CAMINHONEIRO EM VÍDEO QUE MOSTRA TIROTEIO DURANTE ATAQUE A CARROS-FORTES

Três pessoas morreram em tentativa de assalto na BR-376, em Palmeira, na terça-feira (6).


Imprimir página

Um caminhoneiro filmou um tiroteio durante uma tentativa de assalto a cinco carros-fortes na BR-376, em Palmeira, na região dos Campos Gerais do Paraná, na manhã terça-feira (6). Três pessoas morreram. Assista ao vídeo acima.

No vídeo, em que dá para ouvir várias vezes o barulho dos disparos, o motorista conta que está "no meio do fogo cruzado". As imagens circulam pelas redes sociais.

"Que perigo, cara! O maior perigo do mundo! Olha os tiros! Jesus Cristo!", diz ele em um trecho da gravação.

O vereador de Barra do Jacaré Edval do Nascimento (PR) passava de carro pela região com mais dois parlamentares da cidade, que fica no norte do estado. Ele contou ao G1, nesta quarta-feira (7), o que "foram milhares de tiros" no momento do ataque.

Edval não teve ferimentos, mas um dos colegas dele morreu e o outro ficou ferido por um disparo.

Outros dois homens que passavam pela BR-376 se esconderam no mato também registraram em vídeo a situação. Veja abaixo.

As vítimas fatais são: o caminhoneiro Vilson Pereira, de 41 anos; o vereador de Barra do Jacaré, cidade localizada ao norte do estado, Elton de Alexandre de Aguiar Matta (PV); e um suspeito do assalto. O motorista e o parlamentar passavam pela rodovia no momento do ataque.

Entre os feridos, há outro vereador de Barra do Jacaré, Miguel Calixto (PSD); e um caminhoneiro. Ambos foram baleados. Os outros dois feridos são vigilantes que tiveram escoriações. Uma idosa também passou mal durante a tentativa de assalto e precisou de atendimento médico.

O tenente-coronel do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Hudson Teixeira, que assumiu as investigações do caso, afirmou ainda que a ação criminosa contou com a participação de aproximadamente 10 pessoas.

Na noite de terça-feira, a polícia diz que encontrou a casa onde a quadrilha se escondeu. A chácara fica em Bateias, um distrito de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba. Houve troca de tiros novamente e dois suspeitos foram mortos.

A polícia investiga se eles participaram do ataque.

Fonte: 012 - G1.Globo

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias