News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo

Livre

APÓS TER CASA ARROMBADA, PROFESSOR ESCREVE CARTAZ COM PEDIDO A LADRÃO: “DEVOLVA AO MENOS MEU PENDRIVE VELHO”

O professor não estava em casa na hora do furto. Quando chegou com a família, ele conta que encontrou “a casa toda revirada”
Sabado, 03 de Fevereiro de 2018 - 20:11

RIO BRANCO (AC) - Depois de ter vários objetos de sua casa no bairro Vila Acre, 2º Distrito de Rio Branco, furtados, na última quinta-feira, 01, o professor Marivaldo de Paula encontrou um modo inusitado e dramático de pedir a devolução. Em um cartaz afixado na cerca de sua residência, ele pede ao ladrão que ao menos “devolva seu pendrive velho e sua centrífuga”.

“Sou professor pobre igual a todos os outros. E compro tudo parcelado. Tenho três filhas, e estou até vendendo rifa pra comprar uma bateria para minha filha continuar ouvindo. Não tenho dinheiro pra comprar o que o senhor me roubou. Se puder devolva ao menos meu pendrive velho e minha centrífuga. Meus filhos que choraram agradecem”, diz o cartaz com pedidos escritos à mão pelo professor.

O professor não estava em casa na hora do furto. Quando chegou com a família, ele conta que encontrou “a casa toda revirada”

“Me levaram a única herança que meu pai me deixou, uma botija de gás, uma Makita, caixa de som, pendrive, celular, centrífuga, bomba de veneno. No caso a herança, é somente a botija. Ainda estou tonto com tudo isso”, relata.

Marivaldo Melo é gestor de uma creche em Rio Branco. Ele opina que é necessário, de forma urgente, investir menos em propaganda e “realocar na educação e segurança, com valorização desses profissionais”.

“Precisamos repensar tudo neste país, investir muito mais em educação, políticas sociais que funcionem de verdade, diminuir o investimento em propaganda e realocar na educação e segurança, com valorização desses profissionais”, sugere.

Fonte - ac24horas
Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.