Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018 - 20:11 (Geral)

L
LIVRE

BANDIDOS FAZEM A FESTA EM MAIS UMA ESCOLA NA CAPITAL E CRIANÇAS FICAM SEM PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS

O caso aconteceu na Escola Manoel Aparício Nunes Almeida Extensão III, que fica localizado na Zona Sul da capital.


Imprimir página

Porto Velho, RO -A bandidagem não brinca em serviço, ainda mais quando não há presença participativa do município. Fato este que desde o início do mês de Janeiro do referido ano, estes sem vergonhas na cara, vem promovendo furtos rotineiros na Escola Manoel Aparício Nunes Almeida Extensão III, que fica localizado na Zona Sul da capital.

Em contato com os professores e direção da escola, estes narraram que aos poucos os furtos iniciaram. O primeiro furto ocorreu no dia 09 de Janeiro, onde foi subtraído uma bicicleta nova, que seria rifada, para arrecadar fundos para manutenção da escola, botijas de gás, materiais pedagógicos, e toda merenda escolar.

No dia 11, ocorreu o segundo furto, onde a bomba do poço semi-artesiano também foi levada pelos marginais. Já no dia 30, como não tinham mais o que levar da escola, os marginais, furtaram 6 (seis) centrais de ar, de 12 e 18 mil btus.

De acordo com os pais de alunos, a falta de segurança armada influencia para que o crime ocorra. "Não sabemos o que fazer, ainda mais sabendo que o prefeito vai demitir todos os vigilantes. Na escola mesmo, já ocorreu vários furtos, porque não tem vigilante", indaga a senhora Claudeniza Ramos, moradora do bairro e mãe de aluno.

A escola agora não tem uma data exata para retorno das aulas. A direção já fez um levantamento de tudo que foi furtado, registrou boletim de ocorrência e apresentou na Secretaria Municipal de Educação - SEMED. Segundo a diretora, o secretário afirmou que vai licitar todo material, mas isso demanda tempo, ainda mais quando o assunto é dinheiro público.

Câmeras de segurança não inibe a ação de marginais, e isso já foi comprovado. O próprio governo do estado preferiu as câmaras, ao invés do vigilante que protege o patrimônio e o prejuízo tomou proporções inimagináveis. O prefeito Hildon Chaves caminha na mesma direção, e as cenas do próximo capítulo promete uma demissão em massa de pais de família.

Lamentável tudo isso...

Fonte: Anderson Nascimento - NewsRondonia

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias