RELATÓRIO DE RECEITA É APROVADO NO CONGRESSO

Parecer com a estimativa de receita apresentado pelo senador Acir Gurgacz prevê R$ 26,1 bilhões a mais para Orçamento da União de 2012 e é aprovado por unanimidade na Comissão Mista de Orçamentos do Congresso Nacional
Quarta-Feira, 19 de Outubro de 2011 - 15:50

O primeiro relatório do senador Acir Gurgacz (PDT-RO) com as estimativas de receitas para o Orçamento da União de 2012 foi aprovado por unanimidade na manhã desta quarta-feira, 19, na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO). O parecer apresentado pelo senador Acir Gurgacz prevê uma estimativa de crescimento da receita primária líquida de R$ 26,1 bilhões para o próximo ano. Com esta estimativa, a receita primária líquida passou para R$ 937,8 bilhões, contra os R$ 911,6 bilhões previstos pelo governo.

A receita primária bruta, na estimativa de Gurgacz, terá um acréscimo de R$ 30 bilhões sobre a previsão original do Executivo, que era de R$ 1,097 trilhões e ficou em R$ 1,133 trilhões, conforme relatório aprovado hoje.

De acordo com Acir Gurgacz, as estimativas foram calculadas com base na receita realizada até agosto de 2011 e na atualização da previsão de receitas primárias brutas para 2011, onde o governo apontou um acréscimo de R$ 19,5 bilhões, além da análise de indicadores econômicos como o IPCA, que mede a inflação, e o PIB, que mede o crescimento econômico do País, além das variações cambiais, taxas de juros e as incertezas do mercado num cenário de crise na economia internacional.

O parecer do senador prevê uma inflação de 6% no lugar de 4% previsto pelo governo; taxa de juros de 10,5% no lugar de 12% ao ano; e crescimento do PIB de 4% no lugar dos 5% previstos pelo governo.

“O nosso relatório foi construído seguindo critérios técnicos e com base nas perspectivas de mercado, mas também com base no diálogo com o governo, com os demais poderes e com os órgãos do governo que geram ou que controlam de receitas, portanto tem tudo para se concretizar e, por isso, foi aprovado por unanimidade entre governistas e oposição”, frisou Gurgacz.

A partir da aprovação do relatório da receita, o relator-geral do Orçamento de 2012, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), poderá apresentar seu relatório preliminar, o que está previsto para esta quinta-feira, 20.

Fonte - Assessoria

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.