Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018 - 15:26 (Geral)

L
LIVRE

2ª VARA CÍVEL DE JI-PARANÁ ADERE À CAMPANHA JANEIRO BRANCO

O evento contou com o apoio do Sinjur, Unimed/Ji-Paraná, OAB/Ji-Paraná e Laboratório Rondon.


Imprimir página

Em alusão à campanha Janeiro Branco, voltada para a saúde mental, a comarca de Ji-Paraná, por intermédio da 2ª Vara Cível, promoveu nessa última quinta-feira (25), no auditório da OAB – Ji-Paraná, palestras de conscientização referente para convidar as pessoas a pensarem sobre o sentido e o propósito de suas vidas, a qualidade de seus relacionamentos e o quanto elas conhecem sobre si mesmas, suas emoções, pensamentos e comportamentos.

Servidores e público externo do PJRO participaram de palestras ministradas pelo médico psiquiatra Humberto Muller e pela psicóloga Maria Helena, os quais, voluntariamente, se prontificaram em falar sobre o tema de suma importância.

A palestra contou com a presença do representante do Sinjur, Amauri Koike, e da Vereadora Silvia Cristina, que na oportunidade apresentou projeto de Lei que será levado ao poder legislativo para que a campanha Janeiro Branco faça parte do calendário municipal.

Em todo Brasil e em outros países, cidadãos, psicólogos e demais profissionais (da saúde ou não), estão se mobilizando para levar mensagens e reflexões aos indivíduos e às instituições aos quais encontram-se estes entrelaçados.

E várias outras orientações, dicas e reflexões que têm o poder de chamar a atenção de todos para os cuidados consigo, com os outros e, também, para a importância das lutas por políticas públicas em defesa da saúde mental de todos.

O evento contou com o apoio do Sinjur, Unimed/Ji-Paraná, OAB/Ji-Paraná e Laboratório Rondon.

Preocupação

A preocupação com a saúde mental levou o TJRO a aderir à campanha por meio do Departamento de Saúde e Bem-estar Social (Desau), que conta com três psicólogos para acompanhamento psicoterapêutico a servidores, magistrados e seus dependentes. Além disso, o tribunal tem contrato de credenciamento com psiquiatras e psicólogos, em algumas comarcas do interior e da capital, para melhor atender os servidores e magistrados.

A ideia da campanha é promover a consciência e a sensibilização da sociedade e de suas instituições acerca da necessidade e da relevância do debate e da educação extensiva em temas que envolvam o autocuidado e a prevenção em relação à saúde mental dos indivíduos, tendo como princípio básico a visão humanizada. Para ter mais acesso ao material da campanha consulte o site: http://janeirobranco.com.br/.

Fonte: 010 - tjro

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias