Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018 - 08:59 (Geral)

L
LIVRE

APÓS CHACINA COM 10 MORTOS, 44 PRESOS SÃO TRANSFERIDOS

A matança dentro da cadeia foi motivada pela rivalidade entre as facções e uma suposta retaliação ao massacre de 14 pessoas durante uma festa que era patrocinada pelo Comando Vermelho, em Fortaleza


Imprimir página

Depois do conflito facções criminosas dentro da Cadeia Pública de Itapajé, a 125 quilômetros de Fortaleza, que terminou com dez mortos na manhã desta segunda-feira, a Secretaria de Justiça e Cidadania do Ceará transferiu na tarde de hoje 44 detentos da unidade prisional. Conforme a pasta, os presos foram levados a cadeias na região metropolitana da capital cearense.

Segundo a Polícia Civil do Ceará, seis dos presos que tiveram participação nas mortes foram indiciados por homicídio qualificado.

Mais cedo nesta segunda-feira, o presidente do Conselho Penitenciário do Estado do Ceará (Copen), Cláudio Justa, disse que o conflito teria ligação com a chacina ocorrida no último sábado, em Fortaleza, quando catorze pessoas foram mortas a tiros numa casa de forró, no bairro Cajazeiras. Por volta das 0h40, um grupo armado invadiu uma festa no local e abriu fogo contra dezenas de pessoas. Seis das vítimas eram homens e oito, mulheres – duas delas menores de idade.

A chacina levou o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), a anunciar a criação de uma força-tarefa para investigar as mortes.

Fonte: 012 - veja

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias