Sexta-Feira, 26 de Janeiro de 2018 - 15:46 (Geral)

L
LIVRE

PROJETO MEMÓRIA DISPONIBILIZA VÍDEOS DE PIONEIROS DA JUSTIÇA

O objetivo do projeto é a preservação e difusão, em diferentes versões, da Memória Institucional para o desenvolvimento de construções sobre o passado e criação de identidades.


Imprimir página

Dois pioneiros da Justiça de Rondônia, os desembargadores Dimas Ribeiro da Fonseca, já aposentado, e Eurico Montenegro Júnior, decano da Corte no TJRO, são os primeiros entrevistados do projeto Memória do Poder Judiciário de Rondônia, que consiste em registrar depoimentos/entrevistas com atores que fizeram ou ainda fazem história no Judiciário ou que de alguma forma contribuíram com a trajetória da instituição.

Os vídeos gravados no final do ano passado, já estão disponíveis para acesso no canal TJRO Notícias, no YouTube. O investimento no projeto Memória do Poder Judiciário garante a construção de um acervo audiovisual com as diferentes visões e perspectivas acerca da Justiça, destacando sua importância social e política.

O objetivo do projeto é a preservação e difusão, em diferentes versões, da Memória Institucional para o desenvolvimento de construções sobre o passado e criação de identidades.

Tanto para o desembargador Dimas Ribeiro da Fonseca, integrante da primeira corte de Justiça do Estado, grupo que ficou conhecido como os Sete Samurais da Justiça Estadual, quanto para o desembargador Eurico Montenegro, reconhecem a importância de contribuir com seus depoimentos, agora disponíveis para quem quiser ter acesso.

Clique aqui para ver o depoimento do desembargador Dimas Ribeiro da Fonseca para o projeto Memória

 

Clique aqui para a ver o depoimento de Eurico Montenegro para o projeto Memória

Está, ainda, previsto no projeto a gravação com desembargadores, juízes, servidores, componentes do sistema judiciário (defensores, promotores e advogados), além de personalidades que, de alguma forma, participaram, vivenciaram ou colaboraram com o Judiciário e se tornaram peças do quebra-cabeça histórico.

Memória e Cidadania

O projeto é bem mais abrangente, pois pretende reconstituir a memória da Justiça Rondoniense a partir de diversos elementos tais como: documentos, depoimentos, iconografia, imagens, som, objetos a fim de dar conhecimento à população da rica história, do importante papel na defesa dos direitos e da dimensão social do Poder Judiciário de Rondônia.

Criação e edição de publicações que difundam a memória do TJRO, a exemplo do livro de 30 anos do Poder Judiciário, assim como livro de discursos, livro das comarcas entre outros temas que preservem a trajetória da Justiça da Rondônia também estão previstos.

 

Já as entrevistas, gravadas em vídeo serão editadas com vinheta específica do projeto, a fim de que sejam armazenadas para catalogação e posterior disponibilização ao público.

 

 

Fonte: 010 - Assessoria de Comunicação Institucional

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias