Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018 - 10:54 (Geral)

L
LIVRE

NÚCLEO ESPECIALIZADO AMPLIA TRABALHO DE APOIO E PROTEÇÃO À FAMÍLIAS TRADICIONAIS E IMIGRANTES QUE PROCURAM ABRIGO NO ESTADO

Para este ano, além das atividades já desenvolvidas, a novidade poderá ser a criação do comitê de Imigração do estado.


Imprimir página

Dentro da Coordenação de Direitos Humanos, vinculada à Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seas), o Núcleo de Apoio às Populações Tradicionais desenvolve um trabalho de apoio tanto às famílias com grandes nomes que ajudaram a construir a história de Rondônia, quanto aos imigrantes que encontram abrigo no estado.

Um balanço feito pela gerente do núcleo, Helena Regina Barbosa, mostra as últimas atividades de auxilio e monitoramento dos povos, o que inclui o combate à todas as formas de discriminação e intolerância religiosa.

“O trabalho é feito de várias formas, com atendimentos e intervenções aos imigrantes como fizemos lá no Tudo Aqui, possibilitando opções de emprego e moradia. Oferecemos também palestras e oficinas motivacionais além da participação em outras iniciativas, como a campanha ‘Não desvie o olhar’, que com mais de 25 reuniões realizou mais de 150 atendimentos”, explica Helena.

O trabalho da secretaria também gira em torno das demandas que necessitam de apoio específico, quando são feitos os encaminhamentos aos Centros de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), uma parceria com os municípios. No mapeamento está incluso ainda as reuniões estratégias com comunidades tradicionais para visitação ao médio e baixo Madeira. “Nós oferecemos o atendimento à demandas que envolvam questões socioeducativas e até de pensão alimentícia, se for o caso. Descendo o rio contamos com o apoio do barco Deus é Amor, que leva as equipes até áreas ribeirinhas que precisam desse trabalho”, resumiu.

Para este ano, além das atividades já desenvolvidas, a novidade poderá ser a criação do comitê de Imigração do estado.

Fonte: 012 - SECOM - GOV/RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias