Quinta-Feira, 25 de Janeiro de 2018 - 08:35 (Colaboradores)

L
LIVRE

LENHA NA FOGUEIRA: DESSA VEZ NÃO ACENDEU APENAS UMA LUZ NO FIM DO TÚNEL, O TÚNEL ESTÁ TODO ILUMINADO

Nada mais nada menos que 4.5 Milhões para a construção do Centro de Convenções de Rondônia.


Imprimir página

A notícia que deixou todos que trabalham com eventos de grande porte bastante animados, foi a de que o Ministério do Turismo empenhou, nada mais nada menos que 4.5 Milhões para a construção do Centro de Convenções de Rondônia.

Nota dez para o superintendente da Setur Júlio Olivar para o superintendente da Sejucel Rodnei Paes e para o vice-governador Daniel Pereira e é claro ao governador Confúcio Moura. Nota Dez Estrelada para o arquiteto Lucas Varanda pela elaboração do projeto arquitetônico, que desde quando foi decida a transferência da construção, do Centro de Convenções da área do Aeroclube de Porto Velho para o Parque dos Tanques, a turma da Federon passou a chamá-lo de “CIDADE DA CULTURA”.

Por que Cidade da Cultura? Porque ali serão concentrados todos os eventos relativos a cultura e lazer como por exemplo: Arraial Flor do Maracujá, Desfile das Escolas de Samba, Rodeios, Feira Agropecuária, Marcha pra Jesus, Parada do Orgulho Gay, Feira de Artesanato entre outras. Isso nas arenas, porque no prédio onde realmente será o Centro de Convenções acontecerão as conferências e outras palestras, além de lançamentos de livros, saraus e se não estou enganado o projeto arquitetônico contempla uma sala para exibição de peças teatrais.

O arquiteto Lucas, parece, que na hora que estava elaborando o projeto, estava contemplando o por do sol do rio Madeira de numa Varanda. É muito bonito o projeto criado por ele.

Agora é torcer para que a obra seja concluída o mais breve possível. Creio que se tudo correr dentro da moralidade, a “Cidade da Cultura” será inaugurada, no Flor do Maracujá de 2020. Se Deus quiser ainda estarei vivo!.

Olha só, a SETUR é quem está administrando a construção dos barracões dos bois Flor do Campo e Malhadinho de Guajará Mirim. Essa obra deve ser concluída até o meio deste ano de 2018.

Júlio Olivar também está festejando a liberação por parte da Caixa Econômica Federal, dos recursos para revitalizar ou reformar a Casa de Rondon de Vilhena. Tem obra em Chupinguaia, Pimenteiras e Ouro Preto. Tá danado o superintendente da Setur.

Por falar em festa, vi o presidente da Federação das Escolas de Samba de Porto Velho Hudson Mamedes concedendo entrevista a uma emissora de televisão e ele confirmou que os desfiles das escolas, acontecerão no dia 12 de fevereiro, na Passarela do Samba que será montada na Cidade da Cultura (Parque dos Tanques). A programação diz que os desfiles começam as 19 horas.

A primeira escola de samba a desfilar será a Acadêmicos do Armário Grande, seguida da Unidos da Rádio Farol, Acadêmicos da Zona Leste todas do Grupo de Acesso.

A ordem dos desfiles das escolas de samba do Grupo Especial é a seguinte: Império do Samba do Areal, Acadêmicos do São João Batista, Os Diplomatas do Samba e Asfaltão.

Hudson Mamedes aposta que os subsídios das escolas de samba que sairá pela Funcultural de Porto Velho, estará na conta das agremiações na próxima semana. Mais atrasado que pagamento dos funcionários do Rio de Janeiro.

Lembrando que no próximo domingo 28, a escola de samba Acadêmicos do São João Batista promove Feijoada no Sindsef com show da Musa da Escola de Samba União da Ilha do Governador do Rio de Janeiro Letícia Guimarães.

Amanhã acontece o Baile Municipal na Talismã 2. Quer participar, vai pegar convite de graça, la na Funcultural com o Eudes, Ocampo, Tatá e o Buchada.

E as camisetas da Banda do Vai Quem Quer estão pra acabar. Corre pra não ficar fora da corda folião!

Fonte: 012 - Silvio Santos/NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias