Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018 - 10:16 (Polícia)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

ADVOGADO PERDE A VIDA EM ACIDENTE NA BR-364 EM CACOAL

Integrante do grupo de motociclistas, o químico Adriano Henrique Carrijo, de 47 anos, conta que a viagem teve início em Franca, com destino a Machu Picchu, no Peru, passando por Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia.


Imprimir página

Morto em um acidente na BR-364, em Cacoal (RO), a 480 quilômetros de Porto Velho, o advogado José Paulo Violante, de 65 anos, retornava de uma viagem ao Peru com três amigos de um moto clube de Franca (SP). A aventura sobre duas rodas começou em 2 de janeiro, após dois anos de planejamento.

A moto que era pilotada por Violante foi atingida por um carro que cruzava a rodovia na tarde do último domingo (14). O advogado foi socorrido e levado ao Hospital de Urgência e Emergência (Heuro), mas morreu logo após dar entrada na unidade.

Integrante do grupo de motociclistas, o químico Adriano Henrique Carrijo, de 47 anos, conta que a viagem teve início em Franca, com destino a Machu Picchu, no Peru, passando por Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. Violante percorreu 7,7 mil dos 10 mil quilômetros previstos, entre ida e volta.

"Eu e ele éramos muito próximos, grandes amigos, parceiros, amigos de família. Ele sempre foi muito extrovertido, muito alegre, muito ativo, gostava de viver, sempre intensamente, muito intensamente", relembra.


A moto pilotada pelo advogado foi atingida por um carro na BR-364 (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Carrijo não acompanhava o advogado no momento do acidente. Ele conta que retornou antes da data prevista, quando o grupo se aproximava de Santa Cruz de La Sierra, porque a moto dele teve problemas mecânicos.

"Foi muito tranqüilo, era um projeto nosso de muito tempo, uma viagem muito boa. A gente planejou isso em 2016, quando esteve no Chile. A gente fez uma viagem por Paraguai, Uruguai, Argentina, Chile e aí planejamos fazer essa, depois de dois anos", diz.

Outros três motociclistas que seguiam com o advogado estão terminando a viagem. O corpo de Violante deve chegar a Ribeirão Preto (SP) na manhã desta quarta-feira (17), segundo informações da companhia aérea.

Carrijo conta que os amigos do moto clube planejam realizar um cortejo entre o Aeroporto Leite Lopes e a cidade de Franca, onde ocorrerá o enterro no Cemitério Jardim das Oliveiras. O advogado deixa mulher, três filhos e dois netos.

"É uma tragédia que aconteceu em nossa vida. Nós sempre planejávamos fazer muitas coisas juntos. Eu conheço a família dele, a esposa, e sei a falta que ele vai fazer para todos. Não sei explicar exatamente o que isso significa, só o tamanho da perda, muito significativa", diz Carrijo.

Fonte: G1-EPTV

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias