Quarta-Feira, 17 de Janeiro de 2018 - 11:59 (Política)

L
LIVRE

HILDON CHAVES É ACUSADO DE DESTRUIR ALIANÇA COM O VICE EDGAR DO BOI POR DEIXÁ-LO DE LADO

A gota d’água ficou por conta da atitude de Hildon de ir passar o Réveillon carioca com a família e a parte maior do seu staff. Outra vez disse a que veio e excluiu o vice-prefeito da administração do município.


Imprimir página

Porto Velho, Rondônia – ‘Daqui pra frente tudo pode acontecer entre o prefeito e o seu vice, inclusive nada’ é o que atestam colaboradores próximos ao secretário Francisco Evaldo, titular da pasta municipal da Agricultura sobre os últimos imbróglios  entre os dois aliados.

O prefeito Hildon Chaves, todas as vezes que viaja – desde o giro turístico que fez à China, ao sul da Europa e à Disney, em Orlando, nos Estados Unidos – não transmite o cargo ao vice Edgar do Boi (PSDC).

Segundo interlocutores Republicanos (PR do deputado federal Luís Cláudio) a briga entre os dois é que ‘Hildon e sua entourage tentaria, agora, afastar o BOI das decisões de gabinete por conta das eleições gerais deste ano’.

O prefeito de Porto Velho, negando a transmissão do cargo ‘preserva a estratégia tucana para tomar sozinho e o seu staff escolhido a dedos as decisões no Palácio Presidente Tancredo Neves’, aponta outra fonte Republicana ligada a um ex-presidente da Câmara.

A gota d’água ficou por conta da atitude de Hildon de ir passar o Réveillon carioca com a família e a parte maior do seu staff. Outra vez disse a que veio e excluiu o vice-prefeito da administração do município.

- Com essa, depois da viagem ao Rio de Janeiro, já seriam cinco tentativas de exclusão que teria ocorrido’, denunciam interlocutores junto ao PR e PSDC junto à SEMAGRIC. 

Sem reagir às declarações atribuídas a um desconhecido assessor de pré-nome Santana de que, ‘Boi só ocuparia o cargo mediante decisão autorizativa do prefeito, Boi viria amargando sucessivas derrotas para manter aliados nos cargos’, disseram.

Para analistas, ‘até aqui, Edgar do Boi não vomitou nada que ateste o seu descontentamento’. Possivelmente, ainda esteja digerindo os sapos que viria engolindo até as convenções partidárias em virtude das eleições deste ano.    

Na verdade, ressaltou um dos analistas instados pelo NEWSRONDÔNIA, ‘em que pese o vice-prefeito venha sendo colocado de lado, o que ainda não terminou foi à queda-de-braço, agora, tornada pública’, apontou a mesma fonte.   

Sobre o assunto, antes só comentado entre os corredores palacianos, ‘a continuar essa quizomba, com Edgar do Boi sendo colocado de lado, tudo pode terminar por gerar um longo e interminável rompimento com Hildon Chaves e o seu vice-prefeito’.

Fonte: NewsRondônia

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias