Quarta-Feira, 17 de Janeiro de 2018 - 10:23 (Cidades)

L
LIVRE

IDOSO MORRE ENQUANTO ESPERAVA ATENDIMENTO EM UPA DE RIO BRANCO

José Barbosa da Costa, de 78 anos, morreu na tarde desta terça-feira (16) enquanto aguardava atendimento na UPA da Sobral, em Rio Branco


Imprimir página

Rio Branco (AC) - José Barbosa da Costa, de 78 anos, morreu na tarde desta terça-feira (16) enquanto aguardava atendimento na UPA da Sobral, em Rio Branco. A Secretaria de Saúde (Sesacre) informou ao G1 que o homem chegou na unidade reclamando de dores no estômago e teve um mal súbito enquanto a filha preenchia a ficha de atendimento.

Um vídeo viralizou nas redes sociais e mostra o momento em que o idoso passa mal e é socorrido pelo vigilante da unidade. Nas imagens, o homem responsável por gravar diz que o paciente reclamava de dores há algum tempo sentado no banco da recepção.

“Idoso, de tanto esperar, tá passando mal. Atendimento precário. Mais de uma hora esperando e quem está dando os primeiros socorros é o vigilante. Isso é um descaso”, reclama.

Em nota, a Sesacre informou que o homem deu entrada na unidade acompanhado da filha e que teve o mal súbito enquanto era preenchida a ficha de entrada. O órgão diz ainda que o idoso foi imediatamente socorrido após a evolução do quadro.

“No setor de emergência foram realizados os procedimentos médicos/enfermagem, de acordo com o Protocolo de Ressuscitação Cardio-Pulmonar (RCP), já que este estava de acordo com diagnóstico médico em parada cardiorrespiratória. Após 25 minutos de massagem cardíaca e ventilação manual, sem êxito, o paciente evoluiu ao óbito às 11h45min”, informou a direção da unidade.

A nota diz ainda que o boletim começou a ser confeccionados às 11h16. “O atendimento na emergência iniciou-se às 11h20 de acordo com relatório médico. Portanto, o intervalo de entrada do paciente até o atendimento médico foi de 4 minutos e não o mencionado no vídeo divulgado nas redes sociais”, destacou.

A direção se solidarizou ainda com o ocorrido e disse que fez o possível para salvá-lo. “A equipe se solidariza com a família nesse momento de dor e luto”, finalizou.

A família do idoso se posicionou através de nota e disse que Costa estava sentido dores desde segunda (15) à noite e que ele passou mal antes mesmo de passar pela triagem da unidade.

“Chegando lá na UPA, enquanto a filha fazia a ficha, não havia nem 5 minutos da chegada deles, aconteceu o súbito. Reforçamos que sabemos o quanto a saúde do estado é precária, pois somos dependentes, como a maioria da população, mas nesse caso não houve demora pra espera ou negligência”, destacou a nota.

Fonte: 010 - g1

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias