Segunda-Feira, 08 de Janeiro de 2018 - 10:16 (Colaboradores)

L
LIVRE

POLÍTICA & MURUPI: HORÁRIO ELEITORAL DO FAUSTÃO

Quem falou isso foi Luciano Huck no quadro Divã do Faustão, ou como hoje Horário Eleitoral Gratuito. O twitter moeu a Globo.


Imprimir página

FRASE DO DIA:

“Aqui em Rondônia, sou contra ficar em semáforo distribuindo panfletos educativos. Não resolve. Aqui em Rondônia, Acre, Pará, Amazonas, Mato Grosso e Tocantins – tem que ser no bico da baioneta. Democracia para o crime não funciona.”Confúcio Moura sobre desmatamento ilegal.

1-De volta para o futuro

Com natural atraso pelos excessos rebarbativos de fim de ano estou de volta para o futurode olho no passado de onde vamos saindo devagar. A Petrobras já é tida como empresa saudável. A lei é imperativa para os rolos político-policiais ou para organizar a economia.

Os pilares da república operam mesmo com o esgarçamento do tecido que nos atinge a todos, mas a sociedade ganhou massa crítica e que só aumenta a cada revelação de bastidores sórdidos da política. A justiça tem papel basilar dando respostas às grandes demandas do país e vivenciar a crítica que a sociedade faz de forma aberta e até exacerbada. Há um processo de mudança saudável em curso no país.

2-Palavras de (des)ordem

Será que depois de mostrada a sua ineficácia não seria a hora de mudarmos o palavreado reles, maniqueísta e manco que ocupa a boca de algumas boas cabeças nacionais? Se a intolerância não resolveu nossas demandas até hoje, não seria sensato buscarmos outras vias mais criativas para manifestarmos nossa vontade?

A nova palavra de ordem é: eleição sem Lula é fraude! Mas por que falar em fraude? Por ser a esquerda, por ser Lula ou por uma razão somente conhecida pelos advogados de um lado? Será que a certeza da condenação de Lula por seus seguidores não é a certeza da sua culpa? Aí aparecem as palavras de ordem de novo apenas como zurros. Fora Globo! Fora Sarney! Fora Collor! Fora FMI! Fora FHC! Fora Temer! Fora Dilma! É golpe! Ara!

3-Na fila de espera

Bem avaliado em todo país Confúcio Moura mantem enfeixadas as rédeas de sua sucessão sem dar margem a pré-candidatos, o que não quer dizer que será uma eleição homologatória. Até pelo contrário. Com a sociedade mais madura e com “efeito novo” perdendo consistência o caciquismo está na fila e se alguém acha que a Lava Jato mudou a vida do político profissional, esqueça. Os “de sempre” estão ávidos para conseguir suas vagas. Serviço maneiro, salário acima da média, as mordomias, verbas, plano de saúde, aposentadoria e para quem está junto, sempre há uma boca. Apesar do arrocho, nesta lavoura arcaica nada muda. “Em se plantando tudo dá”. Ora se dá...

4-Pé no freio

O delegado da Polícia Federal Igor Romário de Paula no comando da equipe operacional da Lava Jato enviou um comunicado ao juiz Sérgio Moro sobre o arquivamento do inquérito que originou a Lava Jato em Curitiba, em8 de novembro de 2013 por outro delegado, Márcio Adriano Anselmo.

O juiz devolveu: “Em que pese não haver mais diligências investigativas a serem realizadas, o fato é que veicula ele inúmeras demandas de forma centralizada, não sendo oportuno, no momento o seu arquivamento, por mera questão pragmática”. Tradução: Mexa nisso não doutor. Deixe quieto

5-IBGE

Pena que os dados do IBGE – bem feitos – só sejam conhecidos muito tempo após a pesquisa de campo. O último relatório do IBGE mostra que opaís fechou 2016 com 25,4% de brasileiros na linha da pobreza: 52 milhões de pessoas vivem com R$ 387/mês (1 cesta básica e 10 passagens de ônibus). Pior: 13,4 milhões vivem com R$ 133,72/mês. Rondônia tem 300 mil espalhados na linha de pobreza. Pior: a cada dia uma leva de desempregados, invisíveis, não pesquisados pelo IBGE, vagueia vivendo de pequenos furtos, alimentando-se de lixo e consumindo drogas. É cruel!

6-Horário Eleitoral do Faustão

“Minha missão este ano é tentar motivar as pessoas e que votem com muita consciência e que a gente traga os amigos que estão a fim, para ocupar a política, senão não vai ter solução.

Eu nunca, jamais, vou ser o salvador da pátria, e o que vai acontecer na minha vida eu também não sei.(...) Neste momento, ainda acho que meu papel com essa microfone na mão e aqui na Globo, e motivando as pessoas, pode ser até mais importante do que estar lá.” Quem falou isso foi Luciano Huck no quadro Divã do Faustão, ou como hoje Horário Eleitoral Gratuito. O twitter moeu a Globo.

[email protected]
Facebook Leo LadeiaII

Fonte: Leo Ladeia/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias