Domingo, 07 de Janeiro de 2018 - 16:12 (Polícia)

18
Não recomendado para menores de 18 anos

DÍVIDA: CADEIRANTE TEM CABEÇA ESMAGADA E PESCOÇO CORTADO POR CAUSA DE R$ 20

Policiais relataram que o local onde aconteceu o assassinato é frequentemente utilizado por usuários de drogas.


Imprimir página

Maringá - Um cadeirante, morreu após ter o pescoço cortado e parte da cabeça esmagada, por homem enfurecido, na tarde deste sábado (06), na Rua São João Zona 7.

Após o crime o assassino foi baleado por um Policial Civil que passava pelo local e presenciou o crime, onde o mesmo afirmou que ali se concentra parte de usuários de droga.

De acordo com testemunhas, Alexandro de Araújo Gomes, de 30 anos, agrediu violentamente, o cadeirante Irineu Elo de Souza Soares, de 35 anos, com golpes de lajota na cabeça. Um Policial Civil que passava pelo local e percebeu a movimentação de pessoas em frente a residência, tentou conter o assassino, que após esmagar a cabeça da vítima estava em posse de uma faca cortando o pescoço do cadeirante.

O Policial Civil deu voz de prisão, porém o homem desobedeceu investindo contra o mesmo que efetuou dois disparos de advertência, mas o assassino não se intimidou, e o policial foi obrigado a efetuar mais dois disparos que atingiram braço, e abdômen de Alexandro.

O local onde o crime ocorreu, é utilizado por usuários de drogas, e a motivação do crime seria por causa de uma dúvida de 20 reais. O assassino foi socorrido e encaminhado ao Hospital Universitário, e após receber alta, será encaminhado para a delegacia e ficará a disposição da justiça.

O corpo de Irineu Elo de Souza Soares foi recolhido e encaminhado ao Instituto Médico Legal de Maringá.

Fonte: 012 - NewsRondônia / informações Plantão Maringá

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias