Quarta-Feira, 03 de Janeiro de 2018 - 17:42 (Polícia)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

JOVEM FICA COM CORPO EM CHAMAS DURANTE ‘SHOW’ COM BEBIDA ALCOÓLICA

O acidente aconteceu no último fim de semana.


Imprimir página

São Paulo - Uma jovem viveu momentos de pânico dentro de uma casa noturna de Peruíbe, no litoral de São Paulo. Enquanto assistia a um “espetáculo” de um barman que preparava uma bebida alcoólica, a enfermeira de 24 anos, que preferiu não ser identificada, foi atingida pelas chamas e teve o corpo queimado. O acidente aconteceu no último fim de semana.

Em entrevista ao G1, a vítima disse que ainda não conseguiu se recuperar do susto e tem tido problemas para dormir por sentir muita dor. Segundo ela, há feridas espalhadas pelo corpo. “Eu estava sentada e, do nada, a chama veio na minha direção. Quando senti começar a queimar, corri sem direção e fui parar dentro da cozinha, com o cabelo pegando fogo”, detalhou a jovem.

A enfermeira ainda ressaltou que, no momento, ficou em estado de choque. “Ouvia as pessoas gritando demais, pedindo para eu tirar a jaqueta. Quando achei uma torneira, comecei a jogar água no meu corpo, até que o fogo apagou. Além dos vários ferimentos, acabei perdendo metade do meu cabelo, que ficou totalmente queimado”, relembrou.

Descaso

Os proprietários do estabelecimento, após o ocorrido, trataram a situação com descaso, revelou a enfermeira, que é de Brasília, no Distrito Federal, e foi à cidade passar o réveillon. Ela comentou que, em nenhum momento, foi oferecida qualquer tipo de ajuda. “Ninguém me ajudou. Uma responsável pelo local ficou em pé, me olhando. Eu falei que estava toda queimada, e ela me disse que não poderia fazer nada”, disse.

Ela ainda acrescentou que a única coisa que a funcionário fez foi dar um cartão. “Nunca recebi nada dela. Acredito que, na hora, alguém do bar deveria ter me acompanhado até o hospital. É muita sorte não ter acontecido algo pior. O problema é eles tratarem como se nada tivesse acontecido. Nem o barman foi até mim pedir desculpas”, reclamou. Depois do acidente, a jovem foi levada pelo namorado para a delegacia e também fez um exame de corpo de delito. A polícia investiga o caso.

Estabelecimento vistoriado

A proprietária do bar, Lizandra Medaglia, conversou com a reportagem e afirmou que toda a documentação está regularizada, incluindo o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros. “Foi um acidente que ocorreu quando a quantidade de bebida que saiu da garrafa foi maior do que o habitual. Isso por uma falha no bico dosador”, conta. Questionada sobre o descaso com a situação, Lizandra negou ter recusado ajudar a vítima.

“Foi oferecida por nós toda a assistência que fosse necessária, mas a única resposta que tivemos foi que as providências legais já haviam sido tomadas. Não vamos poder reparar o susto. Ficamos muito tristes com o ocorrido e nos colocamos à disposição para qualquer necessidade, mesmo sem retorno algum da vítima desde o momento do acidente até hoje. Faço contatos diários via WhatsApp para saber como ela está, mas, até agora, não tive retorno”, afirma.

Fonte: 010 - g1

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias