Sexta-Feira, 29 de Dezembro de 2017 - 10:22 (Polícia)

16
Não recomendado para menores de 16 anos

PAI É PRESO ACUSADO DE ABUSAR DA FILHA E INCENTIVÁ-LA TER RELAÇÕES COM OUTROS HOMENS

A menina foi supostamente estuprada pelo pai e como se não bastasse a tamanha crueldade com a vítima, o acusado a incentivou a ter relações sexuais com outros homens.


Imprimir página

Murici, AL - Uma agressão sexual pode assumir muitas formas diferentes, mas uma coisa continua a ser a mesma: a vítima não tem culpa de ser abusada por alguém. Algumas formas de agressão sexual incluem tentativa de estupro, provocação ou toque sexual indesejado, forçando a vítima a realizar atos sexuais.

A violação é uma forma de agressão sexual, mas nem todas as agressões sexuais são violações. O termo violação é frequentemente usado como uma definição legal para incluir especificamente um ato sexual sem consentimento da vítima. Em alguns casos de violência sexual, a força nem sempre é usada contra a vítima. Os agressores podem usar coerção emocional, força psicológica ou manipulação para coagir a vítima em ato sexual não consensual.

Porém, alguns agressores ameaçam as vítimas para praticar atos ilícitos.

ENTENDA COMO TUDO ACONTECEU

Na realidade, a maioria dos agressores sexuais é alguém conhecido da vítima. Algumas pesquisas realizadas ao logo de anos apontam que 7 em cada 10 agressões sexuais são cometidas pelos próprios familiares da vítima. Foi exatamente o que aconteceu com uma garotinha de 12 anos.

A menina foi estuprada pelo pai e como se não bastasse a tamanha crueldade com a vítima, o acusado a incentivou a ter relações sexuais com outros homens.

A polícia da cidade de Murici, no Alagoas, prendeu na terça-feira (26) um homem identificado como Cícero Ferreira da Silva, de 52 anos, acusado de abusar sexualmente da filha de apenas 12 anos. Conforme informações repassadas pelo delegado Cayo Rodrigues, que está à frente das investigações, o suspeito, além de violentar a vítima, ainda a incentivava a ter relações sexuais com outros homens em troca de favores, que serviriam para ajudar nas despesas da família.

Vítima dos abusos foi levada para um abrigo da cidade e outros agressores estão sendo procurados.

Cícero foi preso após a polícia obter um mandato de prisão preventiva contra ele. De acordo com o delegado, o indivíduo vai responder pelo crime e estupro de vulnerável. O acusado prestou depoimento e, em seguida, foi levado para o Centro Integrado de Segurança Pública da cidade, onde ficará à disposição da #Justiça.

A menina passou por exames. Logo após, foi encaminhada para um abrigo para menores da cidade. Um inquérito policial foi aberto e o caso está sendo investigado com o propósito de identificar outros agressores da vítima.

Fonte: 012 - Blasting News

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias