Terça-Feira, 19 de Dezembro de 2017 - 11:39 (Geral)

L
LIVRE

ENQUANTO UNS COMISSIONADOS E SERVIDORES GANHAM MIL REAIS DE GRATIFICAÇÃO, OS DEMAIS FICAM APENAS NA VONTADE

A gratificação foi disponibilizada apenas para os servidores e comissionados da Assembleia e Câmara Municipal.


Imprimir página

Porto Velho, RO – Quem quer dinheiro? Esse é a pergunta que o homem do baú, Silvio Santos, pergunta todas as vezes em seu programa.

A Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia, através da lei de nº 4.205, de 14 de Dezembro de 2017, o governador Confúcio Moura, sancionou o auxílio natalino no valor de R$ 1.000 (mil reais), em parcela única e excepcional no mês de dezembro.

A Câmara Municipal de Porto Velho, não perdeu tempo e, através da mesa diretora também aprovou o abono de R$ 1.000 (mil reais). A notícia do “bônus” foi recebida pelos servidores de ambas as casas e comissionados com alegria, mas quando o assunto é dinheiro, sempre há os prós e contras.

Os demais servidores públicos e comissionados que não foram comtemplados com o “bônus”, estão reclamando em cada esquina desta cidade. Também não é por menos, “milão” não cai do céu da noite para o dia.

Perguntinha. Você é contra ou a favor do “bônus”?

Fonte: Anderson Nascimento - NewsRondonia

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias