Terça-Feira, 19 de Dezembro de 2017 - 00:51 (Colaboradores)

L
LIVRE

LENHA NA FOGUEIRA: TREM DO CONFÚCIO

Aquela locomotiva, foi colocado no Espaço, para mostrar aos visitantes, os que vão caminhar, ou apenas passear, que Porto Velho já foi a sede de uma das mais famosas ferrovias do Mundo a Madeira Mamoré.


Imprimir página

Não tem jeito, alguns vândalos, acharam de fazer baderna na réplica da locomotiva 14, que está no Espaço Alternativo. O sem educação, sem criação, sem modos, enfim, moloques, botaram pra destruir o “trem” do Confúcio.


Parece até torcedor de futebol de times como Corinthians, vasco e flamengo, cujo objetivo não é torcer pelos seus times e sim depredar o patrimônio público de suas cidades.


Aquela locomotiva, foi colocado no Espaço, para mostrar aos visitantes, os que vão caminhar, ou apenas passear, que Porto Velho já foi a sede de uma das mais famosas ferrovias do Mundo a Madeira Mamoré. 

Apesar de que, não colocaram pelo menos até agora, uma placa explicando o que significou a “Maria Fumaça” para a formação do nosso estado e em especial de Porto Velho e Guajará Mirim.


Corre nas redes sociais, uma foto, com os vândalos em cima do teto de locomotiva 14, assim como os marginais por dentro de seus compartimentos. Aquilo está ali para lembrar que um dia tivemos uma Estrada de Ferro, que transportava a produção dos seringais de Rondônia, Acre e Bolívia.


Por outro lado, o governo confiou tanto na população que frequenta o Espaço Alternativo, que não se importou em contratar uma equipe de segurança, para “guarnecer” a réplica.


É de se lamentar a falta de escrúpulos de alguns dos nossos jovens. Os pais desses “meninos”, deveriam ser chamado às falas pelas autoridades, para que chamem a atenção de seus rebentos, no sentido de se comportarem como gente educada, perante um monumento que tem como princípio, reverenciar a nossa história.


Mudando de pau, pra cacete:


A turma do bairro Caiari realizou sábado passado, mais um encontro de confraternização futebolística, com o jogo Solteiros X Casados. Ha 37 anos a turma do Caiari realiza esse evento.


Hoje, poucos moram no bairro dos categas, porém, no dia dessa disputa todo mundo chega no Deroche Pequeno Franco para defender suas cores. Como a maioria hoje é casada, o time dos solteiros fica prejudicado. Tanto, que o jogo deste ano, no primeiro tempo com os casados completo, os solteiros levaram uma peia.


Já no segundo tempo, a coordenação do time dos casados, concordou em ceder alguns jogadores para o time dos solteiros e o resultado, foi que no final do jogo. Os solteiros venceram a contenda,


É salutar vesse tipo de encontro, pois, nos faz lembrara de muitas aprontações do passado. O Casados X Solteiros do bairro Caiari, tem ressonância em vários bairros da cidade.


Já no bairro Santa Barbara a tradição, é o Bloco Mistura Fina que desfila no dia 31 de dezembro, ha mais de 35 anos.


O Mistura Fina fez seu primeiro encontro sexta passada, no Bar do Calixto e o que seria apenas uma reunião para se montar o repertório para o dia do desfile, se transformou num verdeiro baile de carnaval.


Em dezembro é assim, tudo vira festa. Não existe mês mais festeiro que o mês de zembro. Até derrota de time de futebol vira festa, vide Flamengo e Grêmio. Os rubros negros fizeram uma festa destruindo o Maracanã e outros prédios na cidade do Rio de Janeiro.


E os gremistas do tipo Giovane Berno, festejaram com fogos de artifícios o vice-campeonato mundial. Afinal de contas, não é todo ano que se perde apenas de 1 X 0 do Real Madrid


Bacana mesmo foi o Natal Iluminado promovido pelo CDL na rua Amador dos Reis, Zona Leste de Porto Velho. Segundo estimativas da direção do Clube dos Lojistas, mais de 20 Mil pessoas foram a Amador dos Reis comprar presentes para o Natal.


Quem adora esse tipo de promoção são as crianças, pois além dos papais comprarem seus presentes, ainda ganham pipoca, picolé e pula-pula pra brincar o dia todo.

Fonte: Ze Katraca/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias